Serena Williams e Lewis Hamilton aderem à oferta de Broughton para aquisição do Chelsea

0
28

(Reuters) – Um ex-número 1 do mundo não tênis Serena Williams e o sete campeonato mundial de Fórmula 1 Lewis Hamilton se juntam à oferta de Martin Broughton ou Chelsea, disse à Reuters uma fonte próxima à proposta quinta-feira.

O consórcio do ex-presidente do Liverpool, Broughton, inclui o presidente da World Athletics, Sebastian Coe, e investidores abatidos de todo o mundo, que o grupo diz querer manter o status de líder do Chelsea.

Os veteranos de private equity Josh Harris e David Blitzer, donos de times esportivos como o Philadelphia 76ers da National Basketball Association (NBA), também apoiam a proposta de Broughton.

Williams e Hamilton prometeram cerca de 10 milhões de libras (13,06 milhões de dólares) cada vez que a oferta, noticiou a Sky Sports.

Os representantes de Hamilton confirmam mais tarde que o piloto de 37 anos aderiu de Broughton, mas disse à oferta que os números financeiros citados na reportagem não são precisos, sem dar detalhes.

A Reuters procurado os representantes de Williams para obter comentários.

(Por Simon Evans em Manchester e Aadi Nair em Bangalore)


Saiba mais

+ Nova Montana: 3ª geração da picape da Chevrolet chega em 2023
+ Ômicron: Sintoma inesperado da emergência em crianças preocupações médicas
+ Vendedores do Mercadão de SP ameaçam clientes com golpe da fruta
+ Vídeo: Mãe é atacada nas redes sociais ao usar roupa justa para levar filho à escola
+ Horóscopo: confira uma previsão de hoje para seu signo
+ O que se sabe sobre a flurona?
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ ‘Ictiossauro-monstro’ é descoberto na Colômbia
+ Um gêmeo se tornou vegano, o outro comeu carne. Verificar o resultado
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identificação lula gigante responsável por naufrágio de navio 2011
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua


LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here