OMS recomenda tratamento da Pfizer para covid-19; distribuição mundial é desafio

0
40

A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomendau principalmente um antiviral da Pfizer – uma droga de nirmatrel e ritonavir – para tratar a covid-19. Vendido com o nome de Paxlovid, o Remédio foi apresentado pela OMS como a escolha para pacientes em alto risco, até o momento.

No entanto, a falta de transparência em acordos bilaterais feitos pela fabricante e a necessidade de testes rápidos e rendas antes da administração do medicamento têm se tornado um grande desafio para países de baixa e média, aponta para a autoridade em saúde.

A análise é baseada em dados com testes realizados em pacientes3.078. O risco de hospitalização foi reduzido em 85% com o tratamento, informa a Organização.

Porém, há um obstáculo para países mais pobres: o medicamento só pode ser administrado nos estágios iniciais da covid-19, o que torna a taxa de testeagem em massa essencial para sua diligência, sendo que os países de baixa apresentam um octo de teste equivalente de países ricos.

A ser “extremamente e os países OMS” disse que, assim como ocorreu com vacinas contra a covid19, são pobres punidos entre o fim da fila de acesso ao tratamento.

Com falta de transparência dos acordos, as instituições de saúde pública não podem avaliar a disponibilidade de forma precisa qual a do remédio no mercado, diz a OMS. Além disso, um acordo feito entre a Pfizer e a Medicines Patent Pool limita o número de países que podem ser beneficiários da produção do medicamento, afirma a organização. “O produto original, vendido sob o nome Paxlovid, será incluído na lista de pré-qualificação da OMS hoje, mas os produtos genéricos ainda não estão disponíveis em fontes com garantia de qualidade”.

Em nota, a OMS recomenda “fortemente” que o Pfizer se torne mais transparente em seus acordos e preços e que amplie o escopo geográfico para que mais produtores de genéricos possam fabricar o medicamento e se tornem disponíveis por um preço acessível.

Quanto ao remivir, a OMS foi corrigida. Agora, a orientação é que o medicamento usado seja em pacientes com covid-19 leve ou moderado e com alto risco de hospitalização.


Saiba mais

+ Nova Montana: 3ª geração da picape da Chevrolet chega em 2023
+ Ômicron: Sintoma inesperado da emergência em crianças preocupações médicas
+ Vendedores do Mercadão de SP ameaçam clientes com golpe da fruta
+ Vídeo: Mãe é atacada nas redes sociais ao usar roupa justa para levar filho à escola
+ Horóscopo: confira uma previsão de hoje para seu signo
+ O que se sabe sobre a flurona?
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ ‘Ictiossauro-monstro’ é descoberto na Colômbia
+ Um gêmeo se tornou vegano, o outro comeu carne. Verificar o resultado
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identificação lula gigante responsável por naufrágio de navio 2011
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua


LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here