Comitê do FMI deixa de emitir comunicado após Rússia bloquear linguagem sobre a guerra – Money Times

0
35

“A guerra da Rússia contra a Ucrânia conseguiu chegar a um consenso sobre um comunicado espanhol”, disse a ministra da Economia, Nadia Calviño (Imagem: Ucrânia/Divulgação via REUTERS)

A recusa da Rússia em conciliar com uma linguagem forte condenando sua guerra na Ucrânia impediu que o comitê assessora a diretoria executiva do Fundo Monetário Internacional (FMI) emitisse um comunicado formal durante sua reunião desta semana, disse a presidente do comitê nesta quinta-feira.

“A guerra da Rússia contra a Ucrânia tornou-se impossível chegar a um consenso sobre um comunicado espanhol”, disse Nadia Calviño, durante a reunião coletiva de imprensa do FMI e do Banco Mundial, em Washington.

Em vez disso, Calviño leu um comunicado sintetizando a reunião do comitê. Quarta-feira, uma reunião controversa de autoridades financeiras do G20 também não resultou em um comunicado devido ao desacordo com a Rússia.

O Comitê Monetário e Financeiro Internacional (IMFC, na sigla em inglês) de 24 membros se reúne duas vezes ao ano nos encontros de primavera e outono do FMI e do Banco Mundial, e assessora a diretoria do FMI.

Embora não tenha poderes formais para tomada de decisão, comunicados regulares do IMFC os orientação estratégica para o trabalho do Fundo.

Siga o Money Times no Instagram!

Conecte-se com o mercado e tenha acesso a conteúdos sobre seu dia como notícias que enriquecem! Sete dias por semana nas 24 horas do dia, você terá acesso aos assuntos mais importantes e comentados do momento. E ainda melhor, um conteúdo multimídia com imagens, vídeos e muita interatividade, como: o resumo das principais notícias do dia no Minuto Money Times, o Money Times Responde, em que nossos jornalistas tiram dúvidas sobre investimentos e tendências do mercado, e muito mais . Clique aqui e siga agora nosso perfil!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here