Tudo sobre Moto E20 (Motorola): ficha técnica, preço e lançamento | Celular

0
79

O Moto E20 é um celular básico da Motorola que roda Android Gouma versão mais leve do sistema do Google. Sua ficha técnica menciona câmera dupla e tela de 6,5 polegadas. O dispositivo pode ser uma opção interessante para quem procura um celular para tarefas básicas do dia com bom custo-benefício. Confira a seguir todos os detalhes do aparelho.

O celular básico da Motorola desembarcar em setembro de 2021 no Brasil pelo preço sugerido de R$ 999. Pouco mais de seis meses após o lançamento, o Moto E20 já pode ser encontrado na Amazon por valores que partem de R$ 849 – desconto de R$ 150.

Tela do Moto E20 tem 6,5 polegadas — Foto: Divulgação/Motorola

  • Tamanho da tela: 6,5 polegadas
  • Resolução da tela: HD+
  • Painel da tela: IPS LCD
  • Câmera: Principal de 13 MP + 2 MP
  • Câmera frontal: 5 MP
  • Sistema: Android 11 Vai
  • Processador: T606 Unisoc
  • Memória RAM: 2 GB
  • Armazenamento: 32 GB
  • Cartão de memória: sim
  • Capacidade da bateria: 4.000 mAh
  • Telefonia: Dual SIM e 4G
  • Peso: 185 gramas
  • Dimensões: 165 x 75,6 x 8,5 mm
  • Cores: azul e cinza
  • Lançamento global: março de 2021
  • Lançamento no Brasil: setembro de 2021
  • Preço de lançamento: R$ 999
  • Preço atual: R$ 849

Moto E20 está disponível em dois núcleos — Foto: Divulgação/Motorola

A tela do Moto E20 é um dos destaques do modelo. Ela tem 6,5 polegadas e resolução HD+. O painel usa a tecnologia IPS LCD, que garante bons níveis de branco. O tamanho deve agradar aos usuários que desejam consumir conteúdo em aplicativos como Youtube e TikTok. O design segue as linhas gerais elaboradas nos últimos lançamentos da Motorolao que se traduz em bordas relativamente finas e um recorte para a câmera na tela em formato de gota.

A traseira é feita em plástico texturizado e conjunto de lentes das câmeras fica organizado numa moldura levemente saliente. A logomarca da empresa fica na altura do indicador quando o smartphone está nas mãos do usuário. É nela também que fica o sensor biométrico para desbloqueio. São duas opções de cores: azul ou cinza.

Moto E20 tem câmera traseira dupla — Foto: Reprodução/Motorola

Por se tratar de um celular de entrada, uma proposta de Moto E20 Não é – nem de longa – oferecer resultados fotográficos formidáveis, mas o conjunto é capaz de fazer bons registros em condições mais projetadas de iluminação. A traseira tem um arranjo duplo de sensores e um flash de LED.

O conjunto fotográfico do Moto E20 é o seguinte:

  • Principal de 13 MP (f/2)
  • Sensor de profundidade de 2 MP (f/2.4)
  • Câmera frontal de 5 MP (f/2.2)

A resolução máxima de captura de vídeos fica limitada ao Full HD a 30 quadros por segundo, tanto na câmera frontal quanto na traseira. Graças ao sensor de profundidade, o dispositivo consegue tirar fotografias no modo de retrato com o fundo bem desfocado. O usuário ainda pode realizar edições básicas nas imagens através do próprio sistema, sem uso de aplicativos de terceiros

Moto E20 tem RAM de 2 GB — Foto: Reprodução/ Motorola

UMA Motorola Não é qual o processador usado, mas os testes de benchmark da mostra um smartphone com a presença de um chipset Unisoc funciona com oito núcleos de velocidade de até 6 GHz. Para multitarefas, o modelo de memória suporta 2 GB de RAM, que se desenvolve tão somente conforme as demandas do dia a dia, como aplicativos de navegação por textos nas redes sociais ou de conversação.

Apesar de possuir um hardware básico, o sistema mais limpo que equipa o produto faz com que esse conjunto seja bem aproveitado. A explicação é a presença do Android na versão Goque é um modelo mais leve do sistema do Google, com aplicativos que consomem menos recursos. O conjunto deve ser suficiente para uso de redes sociais, aplicativos de música, vídeo e jogos simples como Candy Crush.

O celular conta com 32 GB de armazenamento interno. É recomendável que o usuário utilize um cartão de memóriaSD, pois a tendência é que esse espaço interno se esgote rapidamente.

Moto E20 tem bateria de 4.000 mAh e porta USB-C — Foto: Reprodução/Motorola

Uma bateria faz Moto E20 tem capacidade de 4.000 mAh. Com essa especificação, a empresa promete até 40 horas do modelo longe das tomadas. Na caixa, o smartphone conta com carregador de 10W incluso. Outro ponto que corrobora para uma boa autonomia energética é o processador, que consumo tem reduzido. Vale mencionar ainda a presença da entrada USB-C 2.0.

Versão do Android e recursos extras

Moto E20 e Moto E40 impressão digital na traseira — Foto: Divulgação/Motorola

O Moto E20 chegou com Android 11 de fábrica na versão Android Go. Com isso, um Motorola prometa ao usuário uma experiência mais fluida, já que os aplicativos do sistema operacional são mais leves.

Sobre conectividade, o Moto E20 é equipado com um conjunto básico, o que significa que ele não oferece suporte à internet 5G – tecnologia que ainda está restrita a aparelhos mais caros. O celular da Motorola também não tem de NFCo que impossibilita o usuário de realizar pagamento por aproximação.

Ainda sobre recursos, o conjunto vem com os tradicionais acelerômetro, sensor de proximidade, giroscópio, leitor de impressão digital, entrada USB-C 2.0, GPS, Bluetooth 5.0 e Wi-Fi dual band com frequência de 2,4 e 5 GHz.

O Moto E20 foi anunciado oficialmente no início de 2021, mas só desembarcou no Brasil em setembro de 2021 pelo preço anunciado de R$ 999. Atualmente, o produto pode ser encontrado na Amazon por R$ 849.

Nota de transparência: Amazon e TechTudo mantêm uma parceria comercial. Ao clicar no link da loja, o TechTudo pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação. Os preços mencionados podem sofrer e a disponibilidade dos produtos estão disponíveis aos estoques. Os valores indicados no texto são referências ao mês de abril 2022.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here