Mulher com doença rara volta a andar após implante eletrônico

0
98

Uma mulher diagnosticada com uma doença neurodegenerativa debilitante que fez perder a capacidade de levantar, conseguiu voltar a andar após um implante eletrônico que foi colocado cirurgicamente em sua coluna. UMA tecnologia já que três homens paralisados ​​podem curar, voltar a caminhar e com isso esperança para pacientes com doenças neurodegenerativas.

Os resultados foram divulgados na prestigiada revista científica New England Journal of Medicine e o avanço da ciência na medicina. Um paciente que o implante possui uma condição de atrofia de vários sistemas que é algo raro e apresenta com semelhanças aos de Parkinson, causa também danos generalizados aos nervos ao redor do corpo.

publicidade

Neste caso, um sintoma significativo foi a perda de neurônios, o que fez com que a pressão arterial caísse quando ela se levantava, o que chama de hipotensão ortostática. O sistema nervoso da pele foi muito danificado para a pressão arterial, ela desceu imediatamente após a perna, assim como para o paciente.

Leia também!

Em uma colaboração com hospitais diferentes na Suíça, os testados implantaram um dispositivo eletrônico feito por eletrodos e um gerador de impulsos elétricos que age diretamente na medula espinhal. Antes, era usado como uma forma de tratar a crônica, projetada para detectar mudanças na postura da mulher e rebelião, incentivando as artérias a se contraírem para ajudar seu corpo a manter a pressão arterial.

A boa notícia é que o dispositivo conseguiu e a mulher conseguiu de pé após ter ficado mais incapacitada de 18 meses de levantar sozinha. Agora, ela está em fisioterapia para recuperar – cada vez mais – a capacidade de andar.

Fonte: O Globo

Já assistu aos novos vídeos no Youtube do Olhar Digital? inscreva-se no canal!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here