Como sobras de madeiras podem ser usadas na produção de etanol?

0
51

A produção de etanol mundial pode tomar novos rumores em breve. Isso ocorre por conta da descoberta feita pela parceria entre a Universidade Técnica de Munique (TUM) e a Universidade de Tecnologia Lappeenranta-Lahti (LUT). Em usar a síntese, uma forma de fabricação de madeira como matéria-prima na fabricação de combustível.

primeiro, a água (H20) sofre eletrólise. Ou seja, através de uma corrente elétrica, ela tem seu hidrogênio separado do resto da composição. Este elemento se combina com os resíduos de madeira, e juntos, formam o material pronto para uso na produção do álcool.

Fonte: Celulose online / Divulgação

Entrada no mercado

Definitivamente, a nova técnica de aplicação é eficiente e tende a aumentar a quem a. No entanto, as tecnologias de reatores e melhorias podem impedir que o produto comercialize. Sendo assim, quando esse requisito para o atendimento, a tendência é que este etanol seja utilizado numa proporção comum de 10% na gasolina.

Além disso, é importante lembrar que essa madeira hidrogenada ainda não gera um combustível sustentável por si só. Afinal, este material vai liberar dióxido de carbono (CO2) durante sua fermentação. Todavia, se usar a eletricidade limpa na eletricidade da água, o final é uma redução de emissão em 75%, se comparado com a gasolina. Sendo assim, essa corrente elétrica necessita de instrumentos como placas solares e moinhos de vento.

Da fermentação ao etanol

Atualmente, a produção de etanol é predominantemente sustentada pela fermentação do açúcar sacarose. No Brasil, esse composto provém da cana-de-açúcar. Com nossa grande área plantável, somos o país com a segunda maior produção mundial etílica. A nação líder neste quesito é dos Estados Unidos, que utilizam o milho como biomassa processada.

No caso da cana-de-açúcar, inicialmente, a técnica começa com a moagem do vegetal. Como consequência, um líquido chamado garapa se forma. Só que dessa vez este produto não vai para as feiras, e sim para as usinas. Nestes locais, esse líquido se aquece a 105º e se transforma em um melaço.

Tal substância pastosa armazena sacarose, açúcar que cai bem na dieta da levedura Saccharomyces cerevisae. Por isso, os produtores de etanol utilizam o fungo na fermentação da sacarose. O resultado disso é a formação de um mais fermentado, principalmente poluente com dióxido de carbono (parte da cadeia produtiva). Por fim, é possível acompanhar a destilação desta mistura, e posteriormente, a formação do etanol.

Com os resíduos de madeira hidrogenados, o produtor obtém uma rentabilidade mais vezes do que com a fermentação da palha vegetal. De acordo com o Professor Kristian Melin, coautor da técnica, o novo método de produção de 1.350 a 1.410 litros de etanol. Enquanto isso, a matéria-prima tradicional se limita a gerar de 200 a 300 litros de combustível.

Fonte: EBC Rádio / Divulgação

Aplicações para sobras de madeira

De antemão, a produção de etanol não é uma forma única de dar um destino melhor aos resíduos de áreas florestais. Um uso comum destes materiais é na fabricação de fertilizantes, através da compostagem. Neste processo, as lascas de madeira se misturam com outros resíduos vegetais e animais, formando excelentes adubos.

Além disso, há uma aplicação popular destas sobras como lenha para fogão e na produção de farinhas de madeira. Servem como matéria-prima nas embalagens plásticas, de calçados e até mesmo de materiais explosivos.

Em conclusão, as estratégias para se reciclar a madeira se estender por várias áreas. Porém, o objetivo é um só: impedir que mais árvores precisem ser derrubadas. Graças à ciência, encontramos em lascas e serragens uma forma de atender às crescentes demandas por energia limpa. Com isso, conseguiremos diminuir cada vez mais a área que se devasta para a produção de cana-de-açúcar ou milho.

Fonte: Canal Tech, Mundo Educação.

Esse conteúdo Como sobras de madeiras podem ser usadas na produção de etanol? foi criado pelo site Fatos Desconhecidos.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here