Bolsonaro diz que titular da Defesa se destaca entre ministros porque tem a tropa em suas mãos – Money Times

0
34

Jair Bolsonaro
Aos militares presentes à solenidade, Bolsonaro afirmou ser um “soldado do Brasil”, assim como “senhores soldados”, e destacou os “os soldados marcham juntos para o bem da nossa nação” (Imagem: Alan Santos/PR)

O presidente Jair Bolsonaro Nesta terça-feira afirma que, embora todos os ministros sejam importantes, o titular da Defesa se destaca por ter a tropa nas mãos, acrescentando que é esse ministro que pode levar o país à normalidade e à paz.

“Tenho 23 ministros, todos são importantes, mas um se destaca, é o da Defesa, porque tem a tropa em suas mãos. É o que, em última, poderá fazer o país rumar análise em direção à normalidade, ao progresso e à paz”, disse Bolsonaro, durante cerimônia no Palácio do Planalto de cumprimento dos oficiais-gerais promovidos.

Segundo o presidente, tudo o que se quer é que se cumpre a “nossa Constituição” que pode terso seus serviços, mas é o “nosso norte” dentro do Brasil.

“Deveres, garantias, responsabilidades, nós sempre estivemos ao lado da legalidade”, disse Bolsonaro se incluindo, como costuma fazer quando discursa diante, de militares, nas Forças Armadas.

“E tenho certeza de que, se a pátria um dia a chamar nos chamar, por ela própria tudo faremos, até mesmo em golpe da vida”, disse que poderia ser concebido como uma participação, em uma tentativa de golpe da Forças Armadas de Estado de 1964 que derrubou o presidente João Goulart.

Aos militares presentes à solenidade, Bolsonaro afirmou ser um “vendido do Brasil”, assim como “senhores soldados”, e destacou os “os soldados marcham juntos para o bem da nossa nação”.

As declarações do presidente aos integrantes das Forças Armadas ocorrências um dia após o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ter aqui que pretende tirar “quase oito mil militares que estão em cargas” comissionados no governo federal, caso se eleja em outubro, e se somam a falas recentes de Bolsonaro elogiando a ditadura militar que durou no Brasil entre 1964 e 1985.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here