moeda cai pelo 8° pregão e chega abaixo de R$ 4,80

0
42

Durante a última semana estivemos diante da queda do dólar, que chegou a ser cotado a R$ 4,74 no domingo (26). E assim, a moeda está em sua maior sequência de avaliações diárias desde abril de uma série de mesma duração do planejamento de 2021. De acordo com Bruno Mori, planejador pelar, a baixa é apenas a sequência de um movimento financeiro visto desde o Começo de 2022. Inclusive, a moeda já acumula uma perda de mais de 13% em 2022.

É que você provavelmente também gosta:

Dólar abaixo de R$ 5,00: será que é a hora de comprar?

Dólar barato faz clientes recorrentes ao papel-moeda no Itaú e Bradesco

Guerra na Ucrânia pode ser o fim do dólar, diz Genial Investimentos

Dólar em queda: moeda cai pelo 8° pregão e chega a baixo de R$ 4,80

Segundo Mori, “o fluxo de investimentos estrangeiros para ativos financeiros brasileiros está muito forte, em primeiro lugar porque a taxa de juros está muito mais alta do que no exterior”. Paralelamente, a taxa Selic começou a subir há um ano, e assim, saiu de uma mínima histórica de 2%, para o patamar atual de 11,75%.

Inclusive, o Banco Central já anunciou que vai aumentar a taxa Selic em mais 1 ponto percentual, na próxima reunião. Diante disso, o Brasil oferece a investidores em renda fixa retornos mais atrativos, e mais interessantes quando comparados aos rendimentos de economias como os Estados Unidos.

Sendo assim, os gestores de fundos “acabam entendendo o Brasil como uma alternativa acessível, barata e com um risco que, por enquanto, vale a pena”, explica Mori. Ele também menciona que o fluxo de recursos para os animais “está aproveitando que a turbulência das presidenciais ainda não começou”.

Além disso, é um fator de valorização de várias mercadorias desde o começo da guerra na Ucrânia é um impulso para o real, e outras divisões latino-americanas. Tais como o peso chileno, e colombiano, e sol peruano. Isso tudo porque são moedas de países exportadores de uma região vista como menos vulneráveis ​​às doenças geopolíticas.

Sendo assim, Mori afirma que é difícil enxergar um piso próximo para a valorização do dólar. Entretanto, R$ 4,50 é visto como forte ponto de suporte para a moeda. Apesar disso, ele disse que nada impede a possibilidade de haver ajustes para cima no preço da moeda.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então não siga não canal do youtube e em nossas redes sociais, como o o Facebook, Twitter, Contração muscular e Instagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre Bancos digital, cartões de crédito, Financeiro, fintechs e relacionado ao mundo das finanças.

Imagem: 1599686sv / Shutterstock.com

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here