Idoso de 121 anos conhecido como “Terror do INSS” vence dengue

0
77

Para chegar a 121 anos, é necessário ter um organismo muito resistente. Seu Andrelino Vieira da Silva por várias vezes. Assim, o idoso conhecido como “Terror do INSS” viralizou nas redes sociais após completar o marco incrível de 121 anos de vida. Agora, ele volta ao público para falar que venceu até a dengue sendo um centenário.

O homem mais velho de Goiás, Andrelino Vieira, contraiu dengue, ficou internado por cinco dias e recebido alta médica nesta quarta-feira (23). O caso aconteceu em Goiânia, capital de Goiás.

Assim sendo, o idoso ficou hospitalizado no Centro Estadual de Atenção Prolongada e Casa de Apoio Condomínio Solidariedade (Ceap-Sol). Segundo a coordenadora de enfermagem da unidade, Sara Coelho, seu Andrelino teve dengue tipo C.

“Ele chegou em nossa unidade, no último dia 18 de março, apresentando uma queda brusca nas placas. Hoje, dia 23 de março, felizmente, demos alta ao sr. Andrelino. Durante todos esses dias de saudade aqui, ele esbanjou simpatia. Brincava com todos da equipe que entrava em seu quarto e fazia questão de caminhar pela unidade”, disse ela.

O filho do idoso, José Ferreira da Costa de 57 anos, elogiou o pai durante o período em que esteve internado. “Mesmo com a idade avançada que tem, meu pai é um homem muito ativo. Gosta de dançar forró, faz questão de cozinhar sua própria comida. Graças a Deus, ele recebeu nossa alta e voltará pra casa e à rotina.

Vida longa

Seu Andrelino Vieira da Silva pode ser considerado bem-vivo. Afinal, não são muitas as pessoas que podem dizer que presenciaram duas Guerras Mundiais. Assim, Andrelino nasceu em 1901, na região de Anicuns, que está localizada no interior de Goiás.

Hoje em dia, ele vive em Aparecida de Goiânia, que compõe a Grande Goiânia, onde mora há 40 anos. Durante sua vida, ele teve sete filhos, sendo cinco vivos hoje, além de 13 netos, 16 bisnetos e um tataraneto.

“É um milagre. Acho que o segredo é muita tranquilidade. Nunca vi uma pessoa tão tranquila. A casa está caindo e ele está deitado na mesma rede balançando”, contorna a nora de Andrelino, uma costureira Antônia do Carmo de Sousa Santos, de 59, que vive no lote do aposentado.

Muita alegria

Reprodução

As pessoas na vida de seu Andrelino se relacionam como ele é alegre e lúcido para sua idade. Atendendo a sua dificuldade com o médico, o que está sendo atendido, ele ama música. Hoje, o idoso mora em um barracão dentro do lote de um dos filhos e ao lado do lote de uma neta.

Assim, sua nora, Antônia, relata que Andrelino prepara sua própria comida. Por exemplo, o almoço fica pronto às 10 horas todos os dias. Além disso, o próprio Andrelino coloca suas roupas para lavar e até auxiliar na hora de estendê-las. Segundo a costu, ela ajuda apenas com uma mão de obra humana de mais esforço, como faxina na casa.

Com a atenção que seu aniversário ganhou, o idoso recebeu uma homenagem com uma placa do Ministério do Trabalho e da Previdência. Na ocasião, o ministro Ônyx Lorenzoni diz que Andrelino não é um terror e sim “uma bênção para o INSS”.

O amor de 21 anos do aposentado1 não teve dia 3 de fevereiro com a presença de seus familiares que vivem no mesmo lote, já que contraíram o Covid19. Além disso, deve-se ter um bolo temático, decorado com uma plaquinha em que estava escrito “terror do INSS”.

Fonte: Metrópoles

Esse conteúdo Idoso de 121 anos conhecido como “Terror do INSS” vence dengue foi criado pelo site Fatos Desconhecidos.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here