Esposa do ex-banqueiro do Goldman testemunha em defesa do marido no julgamento do 1MDB Por Reuters

0
38

2/2
© Reuters. FOTO DE ARQUIVO: O ex-banqueiro do Goldman Sachs Roger Ng chega para seu julgamento criminal, no Tribunal dos Estados Unidos em Brooklyn, Nova York, EUA, 22 de fevereiro de 2022. REUTERS/Eduardo Munoz

2/2

Por Luc Cohen

NOVA YORK (Reuters) – A esposa do ex-banqueiro do Goldman Sachs (NYSE:) Roger Ng testemunhou nesta segunda-feira em defesa do marido em um julgamento nos Estados Unidos pelo saque de centenas de milhões de dólares do fundo soberano 1MDB da Malásia entre 2009 e 2014.

Ng, ex-chefe do Goldman para a Malásia, é acusado de conspirar para lavar dinheiro e violar uma lei anticorrupção. Os promotores dizem que ele ajudou seu ex-chefe Tim Leissner a desviar dinheiro do 1MDB, lavar os lucros e subornar funcionários para ganhar negócios para o Goldman.

Ng, 49, se declarou inocente. Ele argumenta que cerca de US$ 35 milhões que recebeu de Leissner, que os promotores caracterizam como propinas do esquema, foram na verdade o produto de um empreendimento comercial legítimo entre as esposas dos dois homens.

A esposa de Ng, Hwee Bin Lim, testemunhou na segunda-feira que pouco depois de Ng começar a trabalhar para Leissner em meados dos anos 2000, ela investiu 48 milhões de yuans – cerca de US$ 6 milhões na época – em uma empresa chinesa de propriedade da família da esposa de Leissner, Judy. Chan.

O depoimento de Lim veio no segundo dia do caso da defesa no julgamento, que começou no início de fevereiro.

Lim disse que ela e Chan tiveram um desentendimento em 2011, e Chan disse a ela para vender sua parte, que havia apreciado substancialmente. Em 2012, Chan disse a ela que estava pronta para transferir US$ 26 milhões, testemunhou Lim.

Quando perguntado pelo advogado de Ng, Marc Agnifilo, se o dinheiro que Chan disse que enviaria para Lim veio do 1MDB, Lim respondeu: “De jeito nenhum”.

“Tinha que vir de Judy e sua família”, disse Lim.

Um advogado de Chan não respondeu imediatamente a um pedido de comentário.

Leissner, que em 2018 se declarou culpado de acusações semelhantes, testemunhou em fevereiro que o investimento que Lim fez nos negócios chineses de Chan era uma “história de capa” que ele e Ng inventaram para explicar o pagamento de propina para que os bancos que processam os fundos não suspeitassem. .

As acusações decorrem de um dos maiores escândalos financeiros da história, no qual promotores americanos dizem que US$ 4,5 bilhões dos US$ 6,5 bilhões que o Goldman levantou para o 1MDB foram desviados para funcionários do governo, banqueiros e seus associados por meio de subornos e propinas.

Em 2020, o Goldman pagou uma multa de quase US$ 3 bilhões e providenciou para que sua unidade da Malásia se declarasse culpada no tribunal dos EUA.

Isenção de responsabilidade: Mídia de fusão gostaria de lembrá-lo que os dados contidos neste site não são necessariamente em tempo real nem precisos. Todos os CFDs (ações, índices, futuros) e preços de Forex não são fornecidos por bolsas, mas sim por formadores de mercado e, portanto, os preços podem não ser precisos e podem diferir do preço real de mercado, o que significa que os preços são indicativos e não apropriados para fins comerciais. Portanto, a Fusion Media não se responsabiliza por quaisquer perdas comerciais que você possa incorrer como resultado do uso desses dados.

Mídia de fusão ou qualquer pessoa envolvida com a Fusion Media não aceitará qualquer responsabilidade por perdas ou danos resultantes da confiança nas informações, incluindo dados, cotações, gráficos e sinais de compra/venda contidos neste site. Esteja totalmente informado sobre os riscos e custos associados à negociação nos mercados financeiros, é uma das formas de investimento mais arriscadas possíveis.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here