A pressão do PT e de Freixo para Molon retirar a candidatura ao Senado

0
61

A executivo estadual do PT se reúne em instantes com Lula para contestar o cenário eleitoral do Rio de Janeiro e o apoio a Marcelo Freixo (PSB) para o governo do estado, que tem o apoio de Lula e da grande maioria do partido no estado. Sobre o PSB, porém, contestação outro assunto.

O PT terá que dirigir o que fará Alessandro Molondo mesmo partido, não se aposenta a candidatura ao Senado em benefício do deputado estadual petista André Ceciliano, que deseja disputar a mesma vaga. Freixo defende que Molon desistiu da disputa.

A solução defendida por alguns petistas é que, nesse caso, haja apoio a Marcelo Freixo, mas não uma aliança formal com o PSB no estado. Neste caso, Freixo não levaria, por exemplo, o tempo de TV do PT, que é o maior dentre todos os partidos, já que a legenda foi a que elegeu o maior número de deputados em 2018.

A última divulgada na pesquisa Senado no Rio, do instituto Gerp, Alessandro Molon em primeiro lugar na disputa, empata com Romário. Segundo os dados divulgados na sexta-feira (25/3), os dois têm 18%. O Gerp ouviu 1.500 fluminenses por telefone de 21 a 24 de março. O intervalo de confiança é de 95,5% e a margem de erro de 2,58 pontos para mais ou menos.

0

Já leu todas as notas e reportagens da coluna hoje? Clique aqui.

Siga a coluna no Twitter e não Instagram para não perder nada.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here