Como foram os jogadores do Grêmio contra o Ypiranga?

0
61

[ad_1]

O Grêmio largou na frente na decisão do Campeonato Gaúcho. Jogando em Erechim neste sábado (26), a equipe de Roger Machado priorizou o jogo reativo, e dominou quase toda a  partida. Criou mais oportunidades para marcar, sofreu pouco , fez por merecer a vitória, que acabou vindo no final com um pênalti sofrido por Diego Churín e cobrado por Lucas Silva. Com a vitória de 1 a 0, o Imortal  pode empatar na Arena, no sábado (2) de abril, que será pentacampeão.

Notas dos jogadores

Confira abaixo a cotação dos jogadores gremistas;

Brenno

No primeiro tempo praticamente não participou da partida, na etapa final fez uma grande defesa, após Falcão acertar a trave, Hugo Almeida aproveitou o rebote , Brenno brilhou e evitou o gol. Depois disso não foi mais exigido. Nota 6,5.

Rodrigues

Anulou o atacante Erick, uma das peças ofensivas mais perigosas do Ypiranga, se preocupou em defender mais do que apoiar, foi um lateral conservador. Nota 6,5.

Geromel

O capitão vem recuperando seu melhor futebol, bem fisicamente e tecnicamente liderou o setor defensivo, neutralizando os movimentos de ataque do adversário. Nota 7,5.

Bruno Alves

Bem na marcação, posicionado mais atrás permitindo saídas de Geromel para dar combate a frente, venceu os duelos travados com Hugo Almeida. Apareceu na área do Ypiranga em jogadas de bola parada. Nota 6,5.

Diogo Barbosa

Foi apenas regular na marcação, no apoio apesar de ter técnica foi pouco eficaz. Nota 6.

Villasanti

Foi muito bem na proteção da zaga, bloqueando os espaços que o adversário poderia explorar. Com a bola no pé teve qualidade para o desafogo e evolução ao ataque, perdeu uma oportunidade de marcar estando na cara do gol. Nota 8.

Lucas Silva

Marcou com eficácia os volantes do Ypiranga, ajudou na marcação do ataque da equipe de Erechim, deu segurança para os companheiros se projetarem para atacar. Teve participação ofensiva no quesito distribuição do jogo. cobrou o pênalti e converteu no gol da vitória. Nota 8.

Bitello

Melhor jogador do meio campo gremista, fez a função do volante ajudando na contenção, com a bola no pé saiu para o jogo com desenvoltura de meia de criação, transitou por todo o setor da meia cancha. Nota 8.

Campaz

Apesar de oscilar durante o jogo, acertou duas vezes a trave e se entregou taticamente ajudando o coletivo. Nota 6,5.

Elias

Cumpriu bem a função de atacante procurando sempre o gol, arrematou algumas vezes. Acompanhou as subidas de Porfírio, perdeu um gol dentro da área. Nota 6,5.

Diego Souza

Não participou muito das jogadas de ataque em função do modelo de jogo da equipe, procurou orientar os companheiros em campo, uma atuação abaixo do padrão que acostumou os torcedores. Nota 6.

Janderson

Entrou durante a partida para dar velocidade ao contra ataque gremista, apesar de contar com a confiança do treinador para a função não conseguiu criar situações de perigo ao adversário. Nota 6.

Gabriel Silva

Entrou no lugar de Elias, pela ponta, com ingresso de Vini Paulista foi deslocado para o meio, aonde rende mais, teve atuação discreta. Nota 6.

Diego Churín

Entrou no lugar de Diego Souza ao final da partida, quando o tanque não aguentava mais, sofreu o pênalti que redundou na vitória. Nota 6,5.

Vini Paulista 

Entrou para imprimir velocidade ao ataque Tricolor, não conseguiu ser contundente, participou do lance em que Churín sofreu o pênalti. Nota 6.

Imagem: Lucas Uebel / Grêmio

Enfim, gostou da notícia?

Então, se inscreva no YouTube e nos siga em nossas redes sociais como o TikTokTwitter, o Instagram e o Facebook. Assim, você poderá acompanhar todas as notícias sobre o nosso Imortal Tricolor.

Imagem: Lucas Uebel / Grêmio



[ad_2]

Source link

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here