quais são os sintomas e como controlar

0
46

[ad_1]

O cortisol alto é causado pelo aumento da produção deste hormônio nas glândulas supra-renais, devido a estresse crônico ou algum tumor. Também pode ser provocado pelo consumo de corticóides por período acima de 15 dias.

O controle deste hormônio é feito com atividade física e consumo de alimentos que controlam o estresse e o açúcar do sangue. Entretanto, quando os níveis de cortisol estão muito altos, é necessário um tratamento a base de remédios e, em alguns casos, até a realização de uma cirurgia.

Principais causas

O uso de remédios corticóides, como prednisona ou dexametasona, por mais de 15 dias é a forma mais comum de excesso de cortisol no sangue, no entanto outras causas são:

  • Estresse crônico e o sono irregular: podem desregular a produção do cortisol e causar o seu aumento no organismo;
  • Disfunção da glândulas adrenais: causada pela presença algum tumor ou pela desregulação de células, que podem produzir o cortisol em excesso;
  • Tumor cerebral: pode estimular a secreção de cortisol pelas glândulas supra-renais;

O estresse costuma causar uma alteração leve nos valores de cortisol, enquanto os aumentos mais intensos e graves são causadas pelas alterações diretas nas glândulas supra-renais e no cérebro.

Possíveis sintomas e efeitos no corpo

Ao ser produzido nas glândulas supra-renais, o cortisol é liberado na circulação para regular as funções do organismo. Porém, quando em excesso e por um longo período, pode causar consequências ruins como:

  • Aumento do peso, da circunferência abdominal e inchaço;
  • Diabetes e elevação dos níveis de açúcar no sangue;
  • Osteoporose;
  • Aumento do estresse, irritabilidade e depressão;
  • Colesterol alto;
  • Redução de músculos e fraqueza;
  • Pressão alta;
  • Redução das defesas do organismo;
  • Aumento dos níveis de hormônios masculinos no corpo;
  • Alterações do ciclo menstrual e dificuldade para engravidar;
  • Fragilidade na pele, aumentando feridas, manchas na pele e estrias, por diminuir o colágeno e reduzir o efeito de cicatrização do corpo.

O nome das alterações causadas pelo aumento crônico de cortisol é síndrome de Cushing. Quando se suspeita desta síndrome ou do aumento do cortisol, o clínico geral ou endocrinologista solicita exames de sangue, urina ou saliva.

Se esses exames tiverem valor alto, o médico irá, em seguida, investigar a causa do excesso de cortisol, pela avaliação clínica, e por meio de tomografia ou ressonância magnética, do abdômen e cérebro, PET ou cintilografia.

Como baixar os níveis de cortisol

Como o cortisol está intimamente ligado ao sistema emocional, uma boa forma de regulá-lo consiste em reduzir o estresse e a ansiedade, com psicoterapia e momentos de lazer.

Além disso, fazer atividade física e comer alimentos ricos em proteínas e potássio, como ovos, leite e derivados, peixes, aveia, amêndoas, castanhas, sementes de chia e de linhaça, também pode ajudar.

Pressão alta: saiba o que é, quais são os sintomas e como controlá-la

 

0

 

Quando o excesso de cortisol é causado pelo uso de corticóides, os medicamentos devem ser retirados gradativamente, ao longo de vários dias, com a orientação do clínico geral ou endocrinologista.

Quando a causa do aumento o cortisol é mais grave, como um tumor, o tratamento é feito com o uso de medicamentos para controlar a quantidade do hormônio, como metirapona, aminoglutetimida, por exemplo, e a cirurgia para retirada deste tumor é avaliada por equipe médica. (Com informações do portal Tua Saúde)

[ad_2]

Source link

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here