PL vai ao TSE contra Lollapalooza após Pabllo Vittar exibir bandeira de Lula

0
47

Partido do presidente Jair Bolsonaro, o PL entrou neste sábado (26) com uma representação no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) contra o festival de música Lollapalooza após artistas como Pabllo Vittar criticar o chefe do Executivo e exaltar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), principal fornecedor de Bolsonaro e líder nas pesquisas de intenção de voto na corrida eleitoral ano.

Pabll chegou a exibir uma bandeira de Lula em sua apresentação, fato apontado pelo PL na peça judicial. De acordo com a legenda, o ato se assemelha a um showmício e a uma lei eleitoral.

Ao Transmissão política, a advogada Caroline Lacerda, sócia do escritório de Tarcísio Vieira de Carvalho Neto, que atendeu a campanha de Bolsonaro, diz que o evento precisa “instruir os artistas”. “Neste momento do ano eleitoral, não é permitido fazer exaltação a nenhum candidato e também não é permitido falar mal de nenhum candidato. A lei eleitoral veda tanto a propaganda antecipada quanto a propaganda negativa”, afirmou uma advogada à reportagem. “Por descumprimento da lei, a gente pediu ao TSE notificar o evento para que ajuste a conduta dos artistas que ainda for fazer shows hoje e amanhã”, acrescenta.

A peça apresentada ao TSE que as manifestações políticas em apresentações musicais em ano eleitoral se assemelham a um showmício e, por isso, supostamente configuram propaganda eleitoral irregular.

“O ato a duas organizações de apoio público do projeto de Lula, que conta com o apoio à representação do PL, que pede a representação do PL, que pede o apoio à representação do PL, que pede a representação do PL . “Impedindo a delitos aqui eleitos incluídos os cíveis, administrativos, criminais e práticas sob aqueles que, naquele momento, atuam em seu nome”.

Os advogados da legenda dizem que a organização do Lollapalooza pode sofrer multa “condizente ao grande econômico da organização de um evento deste porte” caso as manifestações políticas de um evento voltem a acontecer no festival, que começou na sexta-feira e tem programação até amanhã, domingo.

O PL também cita as críticas da cantora britânica Marina ao presidente brasileiro. “Estamos cansados ​​dessa energia”, disse Marina. A banda soltou um “Fora, Bolsonaro” ao final do show não foi Strokes do partido, mas o episódio final não foi registrado pelo partido.


Saiba mais

+ Ômicron: Sintoma inesperado da emergência em crianças preocupações médicas
+ Vendedores do Mercadão de SP ameaçam clientes com golpe da fruta
+ Vídeo: Mãe é atacada nas redes sociais ao usar roupa justa para levar filho à escola
+ Horóscopo: confira uma previsão de hoje para seu signo
+ O que se sabe sobre a flurona?
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ ‘Ictiossauro-monstro’ é descoberto na Colômbia
+ Um gêmeo se tornou vegano, o outro comeu carne. Verificar o resultado
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identificação lula gigante responsável por naufrágio de navio 2011
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua


LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here