Nogueira diz a banqueiros que reforma administrativa será retomada ainda este ano

0
29

Em entrevista concedida a Federação Brasileira de Bancos (Febraban o ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira, afirmou não ter dúvidas de que o governo federal avançará à reforma administrativa após as operações de outubro).

“Não tenho dúvida que nós vamos fazer-la (a reforma administrativa) depois, é um debate importante, nós temos que voltar”, afirmou ele, em conversa com o presidente da Febraban, Isaac Sidney, à qual o Transmissão teve acesso.

Segundo Nogueira, o processo eleitoral deste ano foi “muito antecipado”, o que travou as medidas preventivas das reformas tributárias e administrativas no Legislativo. Ele acredita que o pleito as salas de andar e os projetos que sairão da gestão pública em outubro é mais eficiente.

O ministro da Casa Civil ainda afirmou que esteve nesta semana com o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), pedir nesta prioridade da Casa à reforma tributária. “Eu espero que o mais rapidamente possível o Congresso, no que diz respeito ao Senado, vote a reforma tributária”, ele, sem especificar a qual das propostas tributárias foram priorizadas.

Nogueira pontuou que o atual Congresso é “o mais reformista da nossa história”, mas que oportunidades de aprovação mais rápida de reformas estruturantes foram perdidas. Ele acredita, entretanto, que o governo poderá aprovar os principais projetos. “Nós essas reformas que são implementadas para implementar, grandes confiança internacional.”

Marco das garantias

Na entrevista, Nogueira prioriza os olhos também que o governo vair o marco legal das garantias, visto com bons pelo setor financeiro. O projeto, apresentado pelo governo federal, prevê mudanças nas regras para o uso de ativos como garantia em financiamentos, para facilitar a ativação de dados como garantia.

“Eu acho que vamos priorizar, isso é fundamental, e não acho que existe muita divergência quanto a escolher o crédito às”, disse Nogueira.

Sidney, da Febraban, disse que a aprovação do novo marco traria grandes contribuições ao crédito no País. “O sistema bancário é o que menos recupera garantias no mundo, é o que mais tempo leva para recuperar uma garantia brasileira e que mais custos tem para recuperar uma garantia. Isso impacta bancário do custo (diferença entre o custo de captação e os juros dos bancos)”, pontu.


Saiba mais

+ Ômicron: Sintoma inesperado da emergência em crianças preocupações médicas
+ Vendedores do Mercadão de SP ameaçam clientes com golpe da fruta
+ Vídeo: Mãe é atacada nas redes sociais ao usar roupa justa para levar filho à escola
+ Horóscopo: confira uma previsão de hoje para seu signo
+ O que se sabe sobre a flurona?
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ ‘Ictiossauro-monstro’ é descoberto na Colômbia
+ Um gêmeo se tornou vegano, o outro comeu carne. Verificar o resultado
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identificação lula gigante responsável por naufrágio de navio 2011
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua


LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here