Em ritmo frenético, Argentina domina e vence Venezuela na La Bombonera

0
41

Uma despedida de gala. No último jogo diante de sua torcida, em plena La Bombonera, a Argentina não deu chance para a Venezuela e venceu por 3 x 0 na noite desta sexta-feira (25/3), pelas Eliminatórias Sul-Americanas. Nicolás González, Di Maria e Messi marcaram os gols da vitória.

Empurrada pela torcida, que lotou as arquibancadas, a Seleção Argentina não deixou os venezuelanos chance de sonharem com a vitória. Com muita intensidade, os argentinos chegaram aos 38 pontos, 2ª colocação das Eliminatórias.

Em ritmo frenético, Argentina domina e vence Venezuela

Como era de esperar, a equipe argentina foi com tudo para cima. Empurrada pela torcida que lotou a La Bombonera, o tempo argentino já começou a tentar balançar as redes. E foi dos pés de seu jogador principal que surgiu a primeira oportunidade. Com 3 minutos, Messi chutou colocado de fora e obrigado Fariñez a fazer a defesa.

Mesmo sem nada em disputa direta, a intensidade da era alta. A Seleção Argentina não conhece a Venezuela para o ataque. Semper que a direção certa para uma brecha, Lionel Scaloni ia em ao gol, mas quase não levava ao gol.

Na reta final da primeira etapa, o panorama mudou. Depois de Correa perder um gol cara a cara, após excelente toque de Messi, a Argentina não perdoou. Após boa troca de passes, Mac Allister achou De Paul, que deu um passe na medida para Nicolás González.

O segundo tempo começo de maneira semelhante ao primeiro. Com o apoio da torcida, a equipe acabou encontrando ampliando a vantagem, mas argentina encontrando a vantagem, mas Venezuela mais bem postada na marcação e principais como investidas.

Só que a diferença técnica no nível era evidente e os argentinos oferecem oportunidades. Mac Allister perdeu uma chance aos 14. Joaquín Correa também recebeu bom passe de Messi, mas atrasado demais e não conseguiu terminar em direção ao gol.

Em duas oportunidades de falta, o camisa 10 argentino deu um susto na torcida venezuelana.

Com 33 minutos, um espetáculo. De Paul acertou um lançamento para Di Maria, que com muita tranquilidade, escolheu dois marcadores e tocou por proteção na saída do goleiro. E o camisa 11 queria mais. Pouco tempo depois, após boa operação do ataque, Di Maria acertou bom passe para Messi que mesmo errando a finalização, fez o terceiro.

Quer ficar por dentro de tudo que rola no mundo dos esportes e as notícias direto no seu Telegram? Entre no canal do Metrópoles: https://t.me/metropolesesportes

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here