Nem raro tão, mas caro: o que impede o carro elétrico (além do preço) de estar na garagem dos brasileiros?

0
69

O reajuste de 19% na gasolina e de 25% no diesel anunciado pela Petrobras (PETR3;PETR4) assustou os brasileiros, que já estão pagando, em média, R$ 6.683 pelo litro do combustível.

Com o preço dos produtos químicos neste patamar, uma pergunta vem sendo feita: o carro elétrico é uma opção possível para o bolso dos brasileiros — já em 2022? Quem responde são os especialistas do setor.

Demanda

Os carros elétricos já representam 2,5% dos emplacamentos do país.

Nos primeiros 75 dias de 2022, as vendas de veículos eletrificados alcançaram a marca de 7,35 mil unidades, contra 3,65 mil no mesmo período do ano passado, aponta o Denatran (Departamento Nacional de Trânsito).

A Anfavea, associação que representa como fabricantes, tem outro número elétrico34 de carros,9 mil unidades) subiu 77% em 2021 na comparação com o ano anterior.

Wagner é um motorista de Corolla, Toyota, do tipo híbrido 2021. As baterias do veículo são recarregadas por frenagem, nos carros de carro, esta energia não é aproveitada.

Camargo, que vive em Araraquara (SP), conta ao InfoMoney que o consumo do veículo é atrativo. “Em torno de 18 km/l, o que me faz andar mais e com menos gasto no reabastecimento”, afirma.

Leia também:

Vanessa Netz é ultrajante de híbrido. A família, diz ela, optou por um modelo da Volvo que roda apenas 40 km na opção elétrica, ideal para quem circula nas pequenas distâncias.

“Temos uma tomada elétrica em casa e ficou prático. Apesar do preço final do carro ter sido maior do que outras opções, achamos que a economia de combustível iria valer a pena. E realmente a pena diante do cenário que vale dizer Netz.

E a família Netz já fez as contas: uma carga de, pelo menos 2h30, o suficiente para o veículo rodar os 40 km de autonomia da bateria, gera entre R$ 10 e R$ 12 de custo em energia.

Os híbridos têm um motor como modelo específico — a gasolina. E um, que mantém o motor de controle elétrico. A dupla de motores reduz o consumo de combustível fóssil e, consequentemente, a emissão de poluentes.

Potencial de mercado

Os carros elétricos estão na crista da onda para quem opera neste mercado.

Veja o exemplo da Beepbeep, empresa de aluguel de elétricos, com atuação na capital paulista e em cidades do interior do estado, como São José dos Campos, Campinas, Indaiatuba, Valinhos e Jacarei; além dos aeroportos de Cumbica, em Guarulhos, e Viracopos, em Campinas.

A empresa diz ter triplicado a receita bruta em mês de 2021, na comparação com mês de 2020. “Fechamos o ano passado com crescimento e forte tração após mês — aproximadamente 18% de crescimento médio ao mês”, conta o CEO, André Fauri.

A companhia ingressou neste mercado com 10 veículos 100% elétricos em julho de 2019. “Hoje são 125 veículos totalmente elétricos”, Em três anos, a meta é ousada. “Queremos 1.000 veículos [do gênero]”, planeja Fauri.

A empresa opera por meio de estações em privados privados como shoppings, hotéis, supermercados e estabelecimentos comerciais, além do sistema “flutuação livre”, São José dos Campos, que permite em parceria com a prefeitura, que os veículos podem ser estacionados na zona azul da cidade em espaços públicos não definidos no mapa do aplicativo.

Neste cenário, “o carro híbrido ou o 100% elétrico seria a melhor opção”, diz Milad Kalume Neto, diretor de consultoria automotiva Jato Dynamics. “Mas ele ainda está longe de ser realidade para todo mundo no Brasil”.

Outro entrave é a dinâmica global do setor automotivo, muito impactado, na pandemia de Covid-19, pela falta de peças. A guerra da Ucrânia, diz Luiz Carlos Moraes, presidente da Anfavea, só piorou a situação, uma vez que a região sob o conflito é uma importante produtora de semicondutores, por exemplo.

Por que o elétrico ainda não é para todo mundo?

  • Preço elevado do veículo

O carro elétrico é caro. “Toda nova tecnologia traz a FG custos altos pela inovação, testes e amor do investimento”, diz Antônio Martins, da FG custosV. “No caso dos elétricos, tem a instalação e o funcionamento da bateria, que hoje corresponde a cerca de 40% do valor do carro”.

Veja alguns modelos, com preços cotados pelo InfoMoney:

  • Renault Zoe, por R$ 204.990
    Fiat 500 e, por R$ 252.675
    BMW i3, por R$ 304.950
    Audi e-tron, por R$ 604.990
    Jaguar I-Pace, por R$ 620.000

Hoje, os preços dos elétricos estão nas alturas, mas, no futuro, a perspectiva é de queda. BloombergNEF (New Finance) em parceria com a Bloomberg para os Transportes Ambiente e que os carros serão mais recentes do que os estudos elétricos movidos pela Federação Europeia por fósseis27.

“O custo é um dos motivos da demanda no Brasil não ser alta. Poucas pessoas têm dinheiro para pagar um veículo elétrico ou mesmo híbrido”, diz Kalume Neto, da Jato Dynamics

“Diante da pandemia, o poder de compra de um consumidor médio, no Brasil, não paga um carro elétrico com este patamar de preço. É diferente da relação de preço e renda que se vê na Europa, por exemplo, território em que a oferta já é bem maior”, acrescenta Martins.

  • Autonomia e recarga de bateria

Outro desafio é a autonomia da bateria que, hoje, responde por uma autonomia de 400 km, segundo estudo do Escritório de Eficiência Energética e Energia Renovável, dos EUA, em 2021.

“Em centros urbanos, essa autonomia pode atender. Mas, no Brasil, um país de dimensões continentais o motorista terá de parar mais para percorrer, diz distância Kalume Neto.

“E o tempo de carregamento ainda é muito Melhorar a implementação do complemento vai ser crucial para que os elétricos sejam adotados em larga escala.

O BMW i3, por exemplo, 3h30 para recarregar sua bateria em 220 V, se o motorista andar 200km em um dia. O Renault Zoe demora, em média, 3h — mas pode demorar bem mais tempo a depender da tensão elétrica que vai abastecê-lo.

Pensando na principal demanda, a StoreDot elétricos, em cinco minutos elétricos, quer recarregar carros com baterias de íon de arranque dos elétricos. “Esse tipo de produto funcionando no mercado deve ajudar no boom dos carros elétricos”, comenta o professor da FGV.

Um dos fornecedores do grupo Renault-Nissan-Mitsubishi anunciou que quer produzir baterias capazes de garantir 1,00 km de 2023. “Se mais iniciativas como esta se tornar realidade, a autonomia ter uma reversão”, Jato Dinâmica.

Além disso, Kalume Neto menciona que a autonomia da bateria pode variar entre os mercados. “A autonomia na Europa pode ser diferente da que teremos no Brasil. Temperaturas mais altas, que exigem ar-condicionado ligado por mais tempo; carro mais pesado, entre outros fatores, podem mais pesado a autonomia”, explica.

  • Infraestrutura de carregamento

No rastro dos desafios da bateria, há outro desafio: onde carregar os carros elétricos?

Hoje, os poucos pontos de recarga encontrados no país ficam em shoppings e outlets de alto padrão, uma realidade da capital paulista, por exemplo. A casa do próprio proprietário, como é o caso de Vanessa Netz, é outra opção.

“O primeiro passo que setor terá de dar é o da democratização do acesso aos postos de recarga”, decreta Martins.

A montadora chinesa GWM anunciou, recentemente, investimento na ordem de R$ 10 bilhões para produzir veículos elétricos em Iracemápolis (SP).

Em paralelo à fábrica, a companhia forneceu 100 pontos de recarga para veículos elétricos e híbridos em municípios paulistas.

Os equipamentos de recarga serão montados nos pontos de venda e serviços da GWM, onde o carregamento será gratuito e estará disponível para veículos elétricos de qualquer modelo ou fabricante.

Ampliar a recarga para diferentes modelos de veículos é o caminho, completa Martins, da FGV. “Se você não é a Tesla, que está à frente e realmente tem vários postos próprios nos EUA, os custos não valem a pena [se a recarga for individualizada]”.

Para Martins, as parcerias não abastecimento dos elétricos serão um atalho para a popularização dos elétricos. O problema, ainda sem resposta, é: como os postos tradicionais a cobrança da energia fornecida aos aos?

9 formas de transformar o seu Imposto de Renda em Dinheiro: um eBook gratuito te mostra como – acesse aqui!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here