EUA acusa formalmente a Rússia de cometer crimes de guerra na Ucrânia

0
45

O governo norte-americano acusou formalmente um Rússia, nesta quarta-feira (23/3), de cometer crimes de guerra na Ucrânia. Nas últimas semanas, o país já havia feito esse tipo de avaliação sobre a atuação das tropas de Vladimir Putinmas como autoridades dos Estados Unidos não tinham sido categóricas.

Na tarde desta quarta-feira (23/3), o secretário do Estado norte-americano, Antony Blink, declarou formalmente com a acusação. O cargo é o mais alto da diplomacia do país.

“Hoje, posso anunciar que, com base nas informações atualmente disponíveis, o governo dos Estados Unidos da guerra na Rússia cometeram crimes”, salientou.

Esse tipo de acusação envolve o direito internacional e o descumprimento de acordos internacionais. Normalmente, são crimes de guerra dos direitos humanos.

O presidente dos Estados Unidos, Joe Bidenjá havia o líder russo, Vladimir Putin, chamado de “criminoso de guerra” e foi notificado que este estava ocorrendo na Ucrânia.

Desde o início do conflito, em 2 de fevereiro, Ucrânia e Rússia 2 trocam desse tipo. Durante a sessão emergencial da Assembleia Geral Organização das Nações Unidas (ONU) para a indenização da Rússia embaixadores dos países entraram em embate.

Bombardeios

A Ucrânia acusa a Rússia de preconceitos, hospitais, escolas, atacar crimes, o que configuraram crimes de guerra, por violarem direitos humanos.

Além disso, as acusações de usar armas nucleares e ameaças russas no território ucraniano encorpam a.

0

A denúncia ocorre às vésperas do conflito no Leste Europeu completar um mês, nesta quinta-feira (23/3).

Desde aumentar a invasão russa, as tropas bombardearam áreas estratégicas e apolíticas uma crise política, além de uma instabilidade econômica e geopolítica.

Tensão

O Conselho de Segurança da ONU discute a segurança de civis, jornalistas e profissionais de emergência (médicos, enfermeiros e bombeiros) na Ucrânia. Os representantes discutem as soluções apresentadas contra os grupos apresentados e contra esses grupos apresentados.

Às vésperas de completar um mês, a guerra segue escalada de tensão. Rússia e Ucrânia ainda não chegaram a um acordo para cessar-fogo.

Moscou disse que a Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) sofrerá “consequências decisões” caso envie de paz à zona do conflito. A Ucrânia voltou a pedir mais armas.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here