entregadores do iFood vão começar a ganhar R$ 3 mil por mês por 8h ao dia

0
66

O iFood é mais uma das empresas que adotam medidas para reduzir os efeitos da alta dos produtos químicos e da inflação. Portanto, o plano do aplicativo é aumentar o preço mínimo da rota dos entregadores junto do ganho sobre a quilometragem rodada em entregas.

Com a mudança, passará a valer a partir de 2 de abril, os valores passarão da rota de entrega de R$ 5,31 para R$ 6.

Já em relação a taxa de quilômetro, o aumento deve ser de 50%, subindo de R$ 1 para R$ 1,50. Dessa forma, o entregador do iFood que percorre, por exemplo, em serviço, receberá em torno de R$ 15.

É que você provavelmente também gosta:

iFood e programa educacional ofertam 300 vagas em cursos de tecnologia

iFood anuncia parceiras com promoções especiais de internet móvel a entregadores

Uber Eats culpa iFood e encerramento de entrega de comidas no Brasil

Como os entregadores do iFood vão começar a faturar R$ 3 mil por mês?

Segundo o iFood, o entregador que cumpre uma carga horária de trabalho de 8 horas por dia, aproximadamente 169 horas por mês, deve passar uma fatura de R$ 3 mil.

Esse novo valor fará com que um proprietário tenha um lucro líquido maior do que um mínimo salário dos motofretistas atuais e 33% superior aos motoboys).

Quanto ganha os entregadores do iFood em 2022?

Cerca de 80% dos entregadores do iFood, até o momento, ganha em média R$ 1300 no mês. Esse valor é levado em conta os fornecedores e os gastos para rodar com a motocicleta. As gorjetas, que são livres, também entram para o faturamento.

Como ser um entregador do iFood?

Para ser um entregador do iFood, é preciso realizar um cadastro no aplicativo para entregadoresque está disponível somente para Android.

do aplicativo, a pessoa deve realizar um cadastro, informando dados pessoais, tipo de veículo que possui e qual região quer entregar. Além disso, é necessário enviar fotos dos documentos.

Não existe um prazo exato para que os documentos enviados sejam aprovados, mas responderão em 5 dias.

Uber vai ajudar motoristas em R$ 100 milhões para custo de combustível

No dia 11 de março, a Uber um pacote de parceiros direcionados aos motoristas da plataforma. O objetivo é aumentar os custos adicionais pelo preço dos ocasionais.

O investimento, R$10,00, a redução do preço das viagens.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então não siga não canal do youtube e em nossas redes sociais, como o o Facebook, Twitter, Contração muscular e Instagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre Bancos digital, cartões de crédito, Financeiro, fintechs e relacionado ao mundo das finanças.

Imagem: Leonidas Santana / Shutterstock.com

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here