Educação faz reunião de emergência após 4 casos de violência em 6 dias

0
76

Gestores da Secretaria de Educação do Distrito Federal uma reunião de emergência na tarde desta quarta-feira (23/3) para proposta a ser adotada em relação aos recentes casos de violência nas escolas públicas da capital,ocorrências nos últimos dias. A secretária de Educação, Hélvia Paranaguáconvocado os 14 coordenadores regionais de ensino da rede pública do DF para estar na sede da pasta às 15h30.

PMDF identifica jovem em frente escola a arma para aluna

Ao final da reunião, a agência divulgará o que ficou para melhorar a dos alunos nas unidades de ensino.

Quatro casos em seis dias

Os casos registrados pelo menos de alunos registrados nos últimos dias. Na manhã desta quarta, uma adolescente de 14 anos precisou ser socorrida ao hospital após ser atacado por outro estudante no Colégio Fundamental do Bosque, em São Sebastião. A garota teve quatro perfurações de fachada nas costas e uma no braço esquerdo. Ela foi encontrada ao pelo Hospital Regional do Parano Corpo de Bombeiros

Nessa terça (22/3), durante uma briga em frente ao Centro Educacional São Francisco, o CED Chicão, em São Sebastião, uma jovem uma arma para a cabeça de uma estudante. A confusão, registrada por celulares, viralizou nas redes sociais.

Também na terça, o diretor da escola Centro de Ensino Fundamental 8 (CEF 8), de Taguatingaprecisou separar uma briga entre estudantes. A confusão foi por outros. As imagens mostram dois alunos trocando socos chutes. De repente, o diretor da unidade de ensino aparece e separa os dois discentes.

No fim da manhã de sexta-feira (18/3), um adolescente de 17 anos foi ferido com uma fachada após briga de estudantes em outra escola pública do Distrito Federal. O caso aconteceu dentro do Centro de Ensino Médio 3, na Ceilândia. O rapaz chegou ao Hospital Regional de Ceilândia (HRC) em estado grave e passou por cirurgia, de acordo com familiares.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here