Dólar fecha no menor patamar em dois anos com commodities e jura mantendo o Brasil atrativo

0
38

Por Luana Maria Benedito

SÃO PAULO RECUOU (Reuters) – O dólar recuou pelo pregão seguido ante o menor patamar, com o Brasil continuando a se beneficiário da real disparada nos preços das commodities e os recursos adquiridos em dois recursos.

A divisão norte-americana à vista perdeu 1,44%, a 4,8446 reais na venda, menor valor para encerramento desde 13 de março de 2020 (4,8128), numa sessão em que moeda a brasileira liderou os ganhos entre seus pares global.

Perdendo terreno pelo sexto dia seguido, o dólar marcou sua maior sequência de avaliações de sete baixas encontradas desde uma série de sete baixasa em 22 de abril de 2021, acumulando queda de 6,1% no período.

As contratos futuros de guerra na Ucrânia e a tendência de oferta de petróleo nesta quarta-feira, na sequência da ocorrência de oferta de petróleo, na sequência da guerra geral, que tem origem na oferta global.

Nesse sentido, a América Latina está muito bem para atender à demanda global pela decorrência da falta de oferta de oferta de criação de conflito”, o que tem a finalidade de impulsionar várias divisões regionais –como peso – neste início de início de várias divisões regionais –como peso – neste início de várias divisões regionais –como peso – neste início de várias divisões regionais e chileno. à Reuters Carla Argenta, economista-chefe da CM Capital.

O Brasil tem surgido como opção especialmente atraente para agentes estrangeiros, especialistas, uma vez que o patamar da taxa Selic torna investimentos atrelados aos princípios básicos mais rentáveis.

A taxa está atualmente em 11%, o banco central começou, depois um ciclo de aperto, há um ano negociado, um custo dos financeiros de uma mínima de 2%. Na terça-feira, na ata da última reunião do Copom, o Banco Centralizou que pode encerrar uma era de sinal de aumentos de juros em maio, com ajuste de 1 ponto, embora tenha mostrador provisão de suportar sua postura o cenário evolua desfavoravelmente.

A valorização sucessiva do dólar vem mesmo em meio aos acenos de autoridades do banco central norte-americano a um suportar o seu recém-iniciado ciclo de aumento de juros. Depois de percentual na semana passada o Federal Reserve em 0,25 ponto financeiro em 0,25 ponto, algumas autoridades disseram que podem optar por ajustar 0,5 ponto já em maio, caso a inflação assim exija.

Da mesma forma que uma Selic mais alta no Brasil tende a um beneficiário real, os aumentos de juros nos EUA como fator de apoio ao dólar, já que elevam a atratividade da extrema segurança são dívida norte-americana.

Mas o real, por ora, parece imune aos ruídos ocorridos o Fed. Arg.

Em 1,9%. Desde então, alguns formuladores de política econômica estimaram taxas mais altas, com James Bullard, do Fed de St. Louis, defendendo o patamar acima de 3%. “No Brasil, a gente está oferecendo taxa de dois dígitos”, ponderou Argenta.

Em 2022, o dólar acumula de mais de 13% frente à moeda brasileira, o que deixa o real com a melhor performance global de queda até o momento.

De acordo com Argenta, é difícil prever um piso para a tendência de descoberta do dólar, já que a moeda vem cruzando suportes importantes –5,00 reais, 4,90 reais, 4,85 reais– de forma sucessiva.

“Não identificar qual versão seria um nível de re”, disse Argenta. “Contra fluxos não há argumentos.”

Na B3, às 17h11 (de Brasília), o contrato de dólar futuro do primeiro vencimento caiu 1,47%, a 4,8525 reais.


Saiba mais

+ Ômicron: Sintoma inesperado da emergência em crianças preocupações médicas
+ Vendedores do Mercadão de SP ameaçam clientes com golpe da fruta
+ Vídeo: Mãe é atacada nas redes sociais ao usar roupa justa para levar filho à escola
+ Horóscopo: confira uma previsão de hoje para seu signo
+ O que se sabe sobre a flurona?
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ ‘Ictiossauro-monstro’ é descoberto na Colômbia
+ Um gêmeo se tornou vegano, o outro comeu carne. Verificar o resultado
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identificação lula gigante responsável por naufrágio de navio 2011
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua


LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here