Com resultados desafiadores, é hora de comprar? – Tempos de dinheiro

0
37

PagSeguro teve resultado desafiador no 4T21 (Imagem: Money Times/ Gustavo Kahil)

UMA PagSeguro (PAGS), empresa de maquininhas de cartões, registrado lucro líquido de R$ 301,3 milhões no trimestre de 209,3 milhões1, queda de 11,8% em relação ao mesmo período de 2020, conforme o divulgado na terça-feira (22).

O resultado, consideravelmente desafiador Banco da América (BofA)já era esperado devido ao forte aumento das despesas financeiras”.

“No entanto, a margem líquida da PAGS foi muito mais resiliente do que a da Stone, seu par mais próximo. Fomos encorajados pelo guidance do 1T22, especialmente no que diz respeito à repactuação bem-sucedida e forte crescimento de volume”, afirma o banco. UMA o compre do BofA é para que investidor as ações.

Mas a visão não é compartilhada pelo UBS BBque deixa a indicação dos papéis como neutra, exatamente por conta das financeiras da empresa para o quarto trimestre de 2021.

“A perda foi devida às despesas financeiras acima do esperado (37% acima do UBSe, refletindo principalmente TPV e custo de financiamento) e despesas de vendas (9% acima do UBSe, devido ao marketing, expansão de hubs, estornos e LLP) . Excluindo o impacto não recorrente das provisões de estoque de PagPhone (impacto de R$ 142 milhões nas despesas), o lucro líquido não-GAAP foi de R$ 334 milhões. As receitas totais foram positivas (2% acima da UBSe; 55% acima do período do ano anterior), refletindo principalmente as maiores receitas financeiras, com TPV 4% acima da UBSe (dados preliminares já divulgados aqui) e melhor mix de cartões”, explicam os analistas do UBS.

Disso, o banco de investimentos enxerga um cenário positivo para o primeiro trimestre deste ano, “com em eficiência e alavancagem operacional (principalmente em marketing, SG&A e estornos)”.

O UBS que o “PAGS também aponta para investir no PagBa 20222222 antecipando o melhor desempenho da carteira de crédito (com NBR sob controle); 2022, da como taxas de juros mais altas que o esperado, uma abordagem mais conservadora no negócio de finanças (devido ao macro) e descompasso entre despesas financeiras mais altas e reprecificação”.

Isenção de responsabilidade

O Tempos de dinheiro publicacao de cunho jornalistico, que visa a democratizacao da informacao. Nossas publicações devem ser compreendidas como boins divulgadores e não como divulgadores de investimentos.

*Com informações do Estadão Conteúdo

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here