Ciberataques triplicarem na Ucrânia após invasão pela Rússia

0
45

Após o início da invasão militar pela Rússia, quase triplicou o número de ciberataques contra a Ucrânia, assim como um crescimento no número de incidentes em todo o mundo. Logo nos três primeiros dias da invasãohouve um aumento de 196% no índice de aumento digital, enquanto a média de aumento global ficou em 15%.

De acordo com os da Check Point Research, os números mostram uma queda de 50% contra a Ucrânia na última semana, os dados também ocorreram empresas governos internacionais que estão comprometidos ou apoiados de algum conflito armado.

publicidade

Por exemplo, a América Latina e a América do Norte são as regiões que mais tiveram aumento de ataques cibernéticos com 17%. Logo depois a Europa com 14% e o território Ásia Pacífico com 11%. Os dados apontam que – nas últimas semanas – foi registrado o maior volume de ciberataques de 2021 até o momento.

Movimento de ataques contra setores militares e governamentais da Ucrânia na comparação com o resto do mundo
(Imagem: Divulgação/Check Point)

Já na Ucrânia, a média é de 1.466 incidentes por semana, o que representa 20% a mais do que antes do conflito. Por outro lado, na Rússia, o aumento é de apenas 1%, com média de 1.274 ocorrências registradas.

“O esforço no ataque concentrado a [tais alvos] é, possivelmente, parte do impacto diplomático em torno da guerra, também aproveitando temas de maior interesse que permitiram realizar ataques de phishing”, Omer Dembinksy da explicação, gerente de Data Group Check Point.

Leia também:

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? inscreva-se no nosso canal!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here