Por que millennials e geração Z são a ”geração deprimida”?

0
71

Com certeza é possível ver a diferença de pensamentos, posicionamento, entendimento do mundo e de vários aspectos da geração para geração. Mas algumas delas podem se enquadrar em uma mesma categoria, como por exemplo, millennials e geração Zque são a chamada “geração deprimida”.

Os millennials são os nascidos entre 1981 e 1995, e a geração Z são os que chegaram ao mundo entre 1995 e 2010. Esses dados podem variar, até porque não existe um consenso para essa classificação.

Depressão

Magg

Independente do ano em que a pessoa nasceu, se ela faz parte de uma geração o fato é que as pessoas pertencentes a elas estão usando cada vez mais antidepressivos. Além disso, também busque cada vez mais assistência psicológica e têm mais expressões conscientes de ansiedade e tristeza.

Para saber o que os pais serão as gerações deprimidas é preciso primeiro o que é o transtorno depressivo maior. Ele é um estado de ânimo durante a redução do interesse pela parte que antes traz prazer, prazer ou aumento de peso maior, um conjunto de sintomas, eles manifestam um estado de ânimo durante a redução do interesse por parte do dia, como um atraso ou hipersonia se manifesta, dentre as atividades de energia, sentimento de inutilidade ou culpabilidade excessiva, redução da capacidade de pensar ou se concentrar, e pensamentos de morte recorrentes.

Motivos

Marcelo Parazzi

Sabendo disso, existem várias razões pelas quais os millennials e a geração Z são chamadas de “geração deprimida”. Listamos alguns deles.

1 – Pandemia, coronafobia e solidão

Psiquiatria Paulista

É claro que a pandemia do COVID-19 teve um efeito sobre toda a população. Com isso, aflorou-se quadros de coronafobia, que é uma preocupação excessiva em relação a contrair o coronavírus, ansiedade, fadiga pandêmica, e outras coisas mais.

Por que essas condições são mais essas duas gerações? Claro que a solidão tem uma relação direta com a tristeza, que pode qualquer pessoa de qualquer idade. Contudo, a necessidade de relacionar-se com outras pessoas é maior na juventude.

Por conta disso que as medidas de proteção para evitar o contágio do vírus veio mais os millennials ea geração Z.

2 – Ansiedade social

Comportarte

Por mais que a pandemia forçou a solidão nas pessoas, agora, a ansiedade para a vida social pode provocar essa geração. Isso é chamado de ressaca social. Duas pessoas das suas gerações estão manifestando esse quadro e tendo a sensação de não conseguir se conectar com várias pares.

Além disso, as pessoas também não se divertem em situações sociais com muita gente e sofrem quando ficam rodeadas de pessoas também preocupadas que não acabam de conhecer.

3 – Redes sociais

UOL

Embora muita gente pense e afirme que as redes sociais podem ajudar a agravar a situação, a verdade é que elas são usadas de forma correta, mas sim ajudar às pessoas, tanto que podem desviar um refúgio para muitas pessoas que se sentem mal.

Foi graças a ela que, em parte, a desconexão social durante o período de bloqueio e isolamento não foi total. Dois fatores podem ainda assim como pessoas dessa geração de uma forma negativa.

O primeiro é usar as redes sociais de forma excessiva para evitar momentos de ansiedade. Isso pode acabar fazendo com que as pessoas se refugiem mais nas redes e evitem situações sociais visíveis.

Por isso, use está-las de forma invejada. Pode expor a uma pessoa apenas os conteúdos que podem, como exemplo, comparar de forma negativa, publicações que demonstrem expressões de emoção por pessoas desconhecidas.

4 – Preocupações globais

UOL

Tanto os millennials a Geração Z se preocupam com questões como o feminismo, a eco-ansiedade, os direitos LGBTQIA+, quanto as migrações, entre outros. questões que são mais globais do que todos os indivíduos fazem com que eles sejam mais inteligentes.

Embora essa geração se possa comunicar através das redes e sentir uma sensação de pertencimento a ela, ao mesmo tempo ela não apenas se preocupa, como também quer encontrar uma solução.

Nesse ponto, a “geração deprimida” pode sentir uma responsabilidade por esses problemas globais, e como encontrar a solução não é fácil, eles acabam tendo mais ansiedade.

Por conta de todos esses pontos, essas gerações são chamadas de “geração deprimida”.

Fonte: BBC

Imagens: Magg, Marcelo Parazzi, Psiquiatria Paulista, Comportarte, UOL

Esse conteúdo Por que millennials e geração Z são a ”geração deprimida”? foi criado pelo site Fatos Desconhecidos.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here