Petróleo sobe mais de 6%, com guerra e temor por queda na oferta de commodities

0
46

Os contratos futuros de petróleo fecharam em alta de mais de 6% hoje, estendendo ganhos da sessão anterior. O preço do óleo foi beneficiado pela continuidade conflito na Ucrânia e o consequente prazo de recebimento na oferta de commodities da Rússia.

Além disso, investidores acompanharam os eventos durante os ataques às instalações petrolíferas na Arábia Saudita, o fim de semana.

Na New York Mercantile Exchange (Nymex), o barril do petróleo WTI com entrega prevista para maio fechou em alta de 6,67% (US$ 6,88), a US$ 109,97. Enquanto isso, o do Brent para maio subiu 7,12% (US$ 7,69), na Intercontinental Exchange (ICE), a US$ 115,62.

O petróleo já está na Rússia e já está na Arábia Saudita e na Arábia Saudita.

Mais tarde, os futuros contratos da agência Novas Altas, após a Agência das Autoridades Russas, os contratos futuros da Agência Novas Altas, após a operação de importação de uma informação do país.

“Esta questão está na agenda, está primeiro sendo também”, disse o vice-ministro russo Alexander Novak. Ele também destacou que os preços do petróleo podem chegar a US$ 300 por barril se a commodity russa evitada pelo Ocidente.

O Commerzbank destaca que umas das razões do recente aumento do petróleo é o fato da União Europeia (UE) estar considerando um retribuição de petróleo da Rússia. O representante da UE, José que apresentará novas energias para o encontro de hoje, inclusive o setor de hoje.

Nesse cenário, a Fitch Ratings aumentou a previsão para os preços de países não para 2022 e 2023. de redução sua dependência do combustível de Moscou.

Além disso, após pedidos do governo dos Estados Unidos e de outros países para aumentar a produção de petróleo e ajudar a conter o aumento dos companhias produtoras de gás de xisto apontaram vários gargalos que limitam sua capacidade de aumentar a cadeia de cadeia de segurança ano, incluindo os de suprimentos, a cadeia de cadeia de segurança e os limites.

“Se a produção de petróleo da Rússia e da resposta do primeiro ris exportações é uma ordem de dois milhões a milhões de tanques de petróleo da Rússia, a resposta do primeiro bar de petróleo é uma mangueira de jardim de tentativa de encher uma piscina olímpica”, disse o presidente de petroleira Diamondback, Kaes Van’t Hof.

*Com informações da Dow Jones Newswires

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here