EUA anunciam acordo com Reino Unido para acabar com tarifas sobre aço e alumínio

0
44

EUA anunciam acordo com Reino Unido para acabar com tarifas sobre aço e alumínio

Katherine Tai () e Anne-Marvelyan (e) encontrou-se comercial-se para contestar a relação – AFP

Os Estados Unidos anunciaram nesta terça-feira (22) que chegaram a um acordo nacional com o Reino Unido de segurança de Donald Trump2018, durante o governo de Donald Trump, que alegou motivos de segurança.

“Ao permitir um fluxo de aço e alumínio livre de impostos do Reino Unido, aliviamos ainda a lacuna entre a oferta e a demanda desses produtos nos Estados Unidos”, declara a secretária de Comércio, Gina Raimondo, em comunicado. “E ao eliminarmos as tarifas de represália do Unido, reabrimos o mercado britânico para os amados produtos americanos”, acrescentou.

Especificamente, esse novo acordo pode permitir a publicação de “volumes históricos e design de produtos britânicos de aço e alumínio sem a aplicação das aplicações da seção 232”, detalhou o comunicado.

O anúncio, apoiado pelo representante comercial dos Estados Unidos (USTR), Katherine Tai, explica que se trata de um “acordo fundamental”, que “irá eliminar tarifas de represália sobre mais de 500 milhões de dólares em exportações americanas para o Reino Unido” .

“É uma grande notícia e um impulso bem-vindo para notícias e do aço e do alumínio”, o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson. Ambos os países disputaram os países vizinhos, que disputada da era Trump e que está anunciado contaminava.

O Reino Unido foi um dos muitos países aos quais os EUA im 2018, em junho de 2018, tarifas adicionais de 25% sobre o aço e 10% sobre o alumínio, em meio a uma guerra comercial. O governador Biden já havia chegado a acordos com a União Europeia, em outubro, e com o Japão, no começo de fevereiro.

pode-se permitir o acordo entre Washington e a concessão de “volumes 2 especificações 2 de produtos britânicos de aço e alumínio sem a aplicação das aplicações da seção ”, detalhandoram as autoridades americanas.

– ‘Relação do século XXI’ –

O status do atual empalidece em comparação com o grande acordo de livre-comércio que Boris Johnson deseja.

A assinatura de um tratado com os Estados Unidos era uma firma de dois britânicos após o Brexi2021, em vigor desde 1º de janeiro2021. o governo Biden deixou o processo morrer.

Os Estados Unidos condicionaram um possível acordo ao cumprimento do cumprimento do tratado de paz na Irlanda do Norte. Marie Trevelyan, mesmo que hoje não queria Londres buscar um acordo internacional, e acrescentou que seu governo estava procurando se rendendo.

A ministra nações destacadas em jogo não é apenas eliminando tarifas, mas respondendo à necessidade “construir uma relação comercial do século XXI entre duas grandes que possuem valores comuns”.

Tanto Anne-Marie quanto Katherine Tai disseram que continuarão seu diálogo comercial em Escócia.


Saiba mais

+ Ômicron: Sintoma inesperado da emergência em crianças preocupações médicas
+ Vendedores do Mercadão de SP ameaçam clientes com golpe da fruta
+ Vídeo: Mãe é atacada nas redes sociais ao usar roupa justa para levar filho à escola
+ Horóscopo: confira uma previsão de hoje para seu signo
+ O que se sabe sobre a flurona?
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ ‘Ictiossauro-monstro’ é descoberto na Colômbia
+ Um gêmeo se tornou vegano, o outro comeu carne. Verificar o resultado
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identificação lula gigante responsável por naufrágio de navio 2011
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua


LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here