Como estudar online? Sete dicas e ferramentas úteis para estudantes | Produtividade

0
57

Plataformas como o Google Acadêmico, MindMeister, floresta e Inteligente são alguns exemplos de serviços que prometem ajudar quem estuda online ou faz aulas de Educação a Distância (EAD). As ferramentas grátis ajudam a memorizar conteúdos e têm acervos com artigos e textos até comentários. Esses recursos podem ser úteis para estudantes que estão nas escolas, no pré-vestibular ou em faculdades espalhadas por todo o Brasil. A seguir, o TechTudo separou uma lista com sites que podem ajudar a aumentar a eficiência dos estudantes.

Lista mostra várias plataformas que aumentam a produtividade dos estudantes — Foto: Reprodução/Unsplash

Qual tablet é a melhor opção para estudar? Opine no Fórum do TechTudo

1. Faça mapas mentais online

Desenvolver mapas mentais contribuir para compreender um assunto com mais facilidade, além de viabilizar um maior armazenamento das informações. O mapa mental pode ser usado para estudar um assunto amplo e permitir que sejam feitos resumos de conteúdos extensos com eficiência. Diversas plataformas, como GoConqr, Coogle e Gliffy, estão disponíveis na Internet para que estudantes criem seus materiais.

Mapa mental auxiliar de compreensão de assuntos complexos e extensos — Foto: Reprodução/Maira Soares

Outra opção é o MindMeister, um site que permite determinar e estabelecer ligações com o assunto principal o resumo de determinado assunto. Além de mapas mentais, é possível escolher outras apresentações de organogramas, como lista. Cada pacote permite que seja adicionado um link, comentário, notas ou anexo para facilitar durante os estudos.

2. Use flashcards para memorizar conteúdos

Quando for necessário memorizar é importante que muitos detalhes sejam feitos de forma prática. O cartão de memória é um cartão que contém perguntas ou palavras-chave de um lado e repostas ou conceitos do outro, uma técnica que facilita a memorização e mostra-se eficiente para quem quer decorar termos, nomenclaturas e siglas para fazer uma prova, por exemplo.

Os flashcards permitidos que sejam feitos com perguntas e respostas — Foto: Reprodução/Maira Soares

Uma plataforma para fazer flashcards livres é o GoConqr O site também permite montar mapas mentais, slides, notas, quiz e fluxogramas. Ao clicar em “Mapa Mental”, uma nova página mostra dois cartões. Em um, coloque a pergunta ou a palavra-chave. No outro, insira a resposta ou o conceito. Depois disso, é possível personalizá-lo como quiser para o assunto.

3. Avalie o progresso do aprendizado nos sites de respostas

Quem está estudando para concursos como o Enem, por exemplo, é bastante interessante avaliar qual é o progresso do aprendizado até o momento. Para isso, existe sites de respostas que auxiliam no processo e são aliados nas sessões de estudos, além de permitir estudar online grátis.

Site de respostas ajuda concurseiros a estudarem — Foto: Reprodução/Maira Soares

Um exemplo é o Inteligente, serviço que permite exibir respostas em diversas áreas do conhecimento e possibilita uma interação entre professores e alunos. Outras plataformas específicas Qconcursos, e a maioria das Questões para concursos destinados, aos estudantes que estão em preparação para o vestibular.

4. Use o navegador foco que ajuda a manter

Estudar online contribui para que sejam acessados ​​sites que dispersam a atenção e dificultam o momento de foco. Utilizar para navegador pode ajudar a manter a concentração e aumentar a produtividade durante os estudos.

Extensões que mantêm estudos de fotos são sites importantes para estudos de foco durante os importantes: Reprodução/Maira Soares

O floresta é uma boa alternativa. Com a ferramenta, é possível estabelecer períodos de foco total, bloquear sites para evitar distrações e ganhar recompensas quando o tempo for cumprido pelo usuário. Outra extensão prática e eficiente é o Todoistque possibilita fazer uma lista de tarefas, organizar os estudos e permitir uma visualização do que é preciso fazer dia.

5 anúncios publicados em sites especializados.

Para os alunos do ensino algum superior, algumas vezes é preciso consultar artigos científicos para aprender o assunto, participar das aulas com maior compreensão e debater determinados especificamente. Plataformas como o Google Acadêmico são ótimas páginas de pesquisa para encontrar materiais materiais.

Google Acadêmico: buscar artigos e referências em qualquer idioma — Foto: Reprodução/Maira Soares

Não Google Acadêmico é possível filtrar a pesquisa por dados, e idioma. Para agilizar a procura de artigos, basta salvar os artigos para consulta na aba “Minha biblioteca”. O Portal de Periódicos da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) ea plataforma SciELO (https://www.scie.br/) também oferece artigos online que podem auxiliar nos estudos.

6. Armazene como anotações das aulas em nuvem

Ao assistir às aulas online, os alunos estudam mais inteligentes fazer anotações digitais em plataformas que permitem colocar textos, links de imagens. Atitudes são importantes como peças que possibilitam a organização das nuvens em que não se perdem, contribuem para a organização dos conteúdos.

Google Docs permite fazer anotações rápidas e eficientes — Foto: Reprodução/Maira Soares

O Evernote eo documentos Google são plataformas de texto online que permitem que sejam feitas tentativas rápidas e eficazes. É possível consultar os documentos digitais nas possibilidades com praticidade.

7. Organizar os trabalhos em grupo com ferramentas de gestão de projetos

Trabalhos em grupo no formato online podem ser organizados por intermédio de ferramentas especificas para gerenciamento de projetos. Com elas, é possívelr tarefas a serem feitas e como executar-las. Um exemplo de ferramenta de gerenciamento de projetos é o Trello. A plataforma permite fazer quadros usando o método kanban.. Outras alternativas são plataformas Asana e ClickUp.

Trello: ferramenta permite usar o método kanban — Foto: Reprodução/Maira Soares

Veja também: apresentação do novo fórum TechTudo

Apresentação do novo fórum TechTudo

Apresentação do novo fórum TechTudo

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here