Mulher vai ao médico e descobre copo em sua bexiga

0
70

Casos médicos estranhos ocorrem todos os dias. No entanto, alguns nos perplexos de várias formas – e até um pouco aterrorizados. Esse é o caso da mulher da Tunísia que foi hospital por conta de fortes dores abdominais. Assim, ao realizar exames, o médico descobriu que havia um copo preso em sua bexiga.

Esses casos surpreendentes até os médicos, que já têm o costume de ver estranhos. Dessa forma, as queixas da mulher, de 45 anos, apontaram para uma possível infecção urinária. Contudo, após passar pelos exames, observeam um copo preso na bexiga do paciente.

Segundo o NY Post, os médicos ficaram chocados quando analisaram os exames da mulher e viram que havia um copo de vidro em seu organismo. Sendo assim, por meio dos exames da área-x envolto, enxergar um copo de vidro por uma pedra da mulher, com um total de 8 cm de largura.

Em seguida, após questionamentos dos médicos, a mulher revelou que havia usado o copo como sexual alguns anos antes.

Práticas sexuais

Na publicação, detalhe-se que ela inseriu o copo na uretra, em vez da vagina. Assim sendo, o caso foi publicado em uma revista médica. Embora o artigo não entre em detalhes sobre práticas sexuais, a mulher possa ter o pensamento que é conhecido como sondagem uretral, atividade de risco em que o prático insere um objeto na uretra. Esse é o tubo qual a passar urina, publicado e, supostamente, a pessoas um “de prazer e de excitação sexual”, segundo artigo na Web MD.

Uma inserção de objetos na região por prazer não é indicada. No entanto, os relógios que mostram a presença de corpos estranhos são mais frequentemente associados à presença de corpos sexuais ou eróticos. Objetos foram inseridos em vários pacientes e vários pacientes não conseguem remover os pacientes e ficam muito envergonhados de procurar médicos, o que está na origem de um quadro clínico na maioria das vezes atípico”.

Homem faz cirurgia hérnia e médicos descobrem útero e ovários

Reprodução/ Todos Juntos Contra o Câncer

Um homem de 67 anos recebeu uma notícia surpreendente após uma cirurgia em um hospital de Kosovo, na Rússia. Assim, o paciente, que já é pai de três filhos, passou por um procedimento na hérnia. No entanto, o que os nossos dados foram um útero, trompas de Falópio e ovários. Além disso, notaram um testículo ausente.

Segundo o Daily Mail, os médicos chegaram à conclusão da genitália masculina normal, com síndrome do ducto muleriano persistente (PMDS). Essa homens são uma condição que acontecem sempre em que os também reprodutivos femininos do lado do pênis e fazer escroto.

Assim sendo, uma publicação do caso ocorreu na revista Urology Case Reports por parte de profissionais que trabalham na Universidade de Prishtina. Além disso, a publicação detalhou que o senhor reclamava de dor e inchaço na região da virilha. No caso, a condição persistia por dez anos e aumentava quando ele se levantava ou tossia.

Antes do procedimento, o senhor recebeu o diagnóstico de hérnia inguinal, que é quando o tecido penetra na virilha na parte superior da parte interna da coxa. Contudo, a cirurgia, os femininos durante o estudoam a massa da região e encontraram o órgão reprodutor.

Segundo a publicação, somente 200 casos dessa condição médica em que homens anunciaram também foram relatados órgãos reprodutivos em publicações científicas femininas. Assim, as pessoas diagnosticadas com PMDS têm como principal sintoma a hérnia inguinal. Estima-se que entre 30 a 80% desses pacientes com PMDS também sofrem com hérnia inguinal, infertilidade ou pseudo-hermafrodotismo.

Fonte: Maria Clara

Esse conteúdo Mulher vai ao médico e descobre copo em sua bexiga foi criado pelo site Fatos Desconhecidos.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here