MP-RJ denuncia que matou morte com invasão e roubo mulheru R$ 1 mil

0
59

Rio de Janeiro – O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MP-RJ) denunciou Fernanda Gonçalves de Carvalho Donato, de 31 anos, por latrocínio (roubo seguido de morte). Ela é acusada de matar e seu roubar vizinhoo idoso Carlos Jorge Jaber, de 65 anos, com uma injeção tóxica.

O crime foi central1 no dia 29 de dezembro de 202, no bairro Cachambi Rio. Fernanda Donato, que está foragida e é procuradoda pela políciaroubou cerca de R$ 100 mil depois do vizinho que o matou com uma injeção.

De acordo com a denúncia do MP-RJ, a acusada esteve no apartamento de Carlos Jorge a convite da própria vítima. Ela já vinha se aproximando do idoso após ele ficar viúvo, cerca de um ano antes.

Depois de matá-lo, Fernanda começou a adquirir bens diversos no apartamento homem, inclusive o carro do homem. Ainda segundo a denúncia, a acusação fez três viagens entre o apartamento pertencente ao carro onde foram guardados os responsáveis.

Prisão preventiva

Apesar de ter manipulado a cena do crime, de um aparenter que Carlos tenha tido vítima, um mal súbito, seus dois filhos notaram o esvaziamento do apartamento do apartamento da.

Para não ser totalmente reconhecida, Fernanda agiu descaracterizada (com um manto simular a uma túnica, máscara e vestes folgadas ao ponto de cobrir suas mãos).

Além de denunciar por latrocínio, o MPRJ requereu prisão preventiva de Fernanda Donato. A denúncia foi recebida pela 36ª Vara Criminal, decreto queu a prisão.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here