Se deslumbrar com o mundo pode ajudar a memória e nos deixar mais generosos

0
52

O que você faz quando está em um ciclo de pensamentos negativos? Ethan Kross caminha cinco quadras até o jardim público do seu bairro para observar uma das árvores do local e o poder da natureza. De acordo com as pesquisas, se deslumbrar, o mundo pode muito mais efeitos positivos do que ter sido previsto.

Assim, se Ethan Kross não tem a possibilidade de ir até o jardim, ele tira alguns momentos para pensar sobre as oportunidades que podemos ter por conta dos avanços das aeronaves e das viagens espaciais. “Co pensando em como nós tentamos estabelecer a fogueira, apenas alguns milhares de anos atrás, e agora podemos aterrissar com segurança em outro planeta”, afirma.

Dessa forma, o objetivo é se deslumbrar com o mundo. Kross define o deslumbramento como “a maravilhosa sensação de encontrar algo que não podemos explicar facilmente”. Esse padrão de comportamento é baseado em evidências científicas, já que Kross é professor de psicologia da Universidade de Michigan, nos Estados Unidos.

Por conta disso, o professor sabe que se deslumbrar com o mundo provoca sensações que podem ter uma influência importante sobre a mente humana. Por exemplo, a prática pode aumentar a memória e criatividade. Além disso, pode nos inspirar a agir de forma mais altruísta com as pessoas ao nosso redor. Logo, se deslumbrar com o mundo pode ter profundo impacto na saúde mental, colocando uma preocupação e o estresse em perspectiva.

Diversão imediata

Reprodução/Viajanet

Sendo assim, o comum entre a população é não se animar facilmente, perdendo a sensibilidade para o mundo e suas maravilhas. Então, quando estamos estressados ​​ou tristes, pensamos em assistir a uma comédia, por exemplo. Logo, procuramos sentimentos menos ponderosos e uma diversão mais imediata.

Contudo, se deslumbrar com o mundo pode proporcionar grande mudança na saúde mental. Portanto, a prática tem a possibilidade de se tornar uma ferramenta para melhorar a saúde. Assim, não é necessário observar árvores para se deslumbrar com o mundo, já que existem diversas formas para tal.

Se deslumbrar com o mundo permite flexibilizar o pensamento

A professora de Psicologia Social da Universidade do Estado do Arizona, Michelle Shiota, foi uma das pesquisadoras pioneiras no assunto de se deslumbrar com o mundo ser à saúde mental. Assim, seu interesse é focado nas formas que o deslumbramento pode remover os “filtros mentais” e flexibilizar o pensamento.

Por exemplo, ao ouvir uma história, temos uma tendência de nos lembrar dos elementos que devemos lembrar, e não dos detalhes da história. Então, podemos perder elementos inesperados e incomuns que acrescentam à história e aumentam sua riqueza de detalhes. vezes, até preenchemos os espaços com o que acreditamos que a história nos baseando não é esperada, criando memórias falsas.

Sendo assim, há alguns anos, a professora Michelle Shiota resolve estudar se deslumbrar com o mundo pode evitar essas falhas de memória. Para tal, ela separou participantes em três grupos. O primeiro assistiu a um filme que provoca deslumbramento, fazendo uma viagem no espaço sideral. O segundo assistu a um filme animador sobre patinação artística e terceiro assistu a um filme neutro sobre construção.

Então, os três grupos ouviram uma história de cinco minutos descrevendo um casal que iria a um jantar romântico. Em seguida, perguntas sobre a história, algumas se referem a elementos esperados, como se o garçom, atendeu ao vinho. Algumas perguntas específicas eram, como se fossem usadas.

Reprogramação da mente

Assim, a hipótese de Shiota se confirmou, visto que os participantes que se lembram de mais detalhes da história. Logo, o sempre prevenir a nossa realidade, orientando nossa percepção, atenção e atenção.

Já como experiência de se deslumbrar com o mundo confunde esses processos de previsão, fazendo o cérebro preste mais atenção. “A mente reprograma seu ‘código de previsão’ para simplesmente olhar em volta e informações”, afirma um pesquisador.

Além disso, Shiota reforça que o deslumbramento melhora o senso crítico porque as pessoas prestam mais atenção às nuances da argumentação, sem contar que também tornam mais altruístas.

“quando estou pensando em minha cabeça, isso mais provavelmente em mim mesma, nos próprios objetivos e nos pensamentos que passam pela minha cabeça e mais capacidade de observar [perceber] o que você pode estar vivendo afirma”, ela.

“Tudo é questão de experimentar e prestar atenção no extraordinário à nossa volta, em vez que, para nós, é rotina”, conclui.

Fonte: BBC

Esse conteúdo Se deslumbrar com o mundo pode ajudar a memória e nos deixar mais generosos foi criado pelo site Fatos Desconhecidos.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here