Stalker de Paolla Oliveira pediu “acerto de contas” com Diogo Nogueira

0
64

Rio de Janeiro – O stalker português Luís Mário Monteiro Piçarra, que invadir o condomínio da atriz Paolla Oliveira e do cantor Diogo Nogueira em 5 de fevereiro, na Barra da Tijuca, zona oeste, não recuou de atacar o casal, mesmo depois de ter sido levado à 16ª DP (Barra da Tijuca).

Após ser solto, no mesmo dia da ocorrência, ele postou no Instagram que “iria acertar as contas com o DN (Diogo Nogueira)”, segundo consta em relatório da Polícia Civil sobre o caso. Piçar a atriz e seu namorado ainda.

Piçarra foi indiciado pela polícia pelo crime de perseguição. Na delegacia onde Paolla e Diogo prestaram, ela testemunho que é perseguida pelo português pelo Instagram.

Em agosto de 2021, o estrangeiro invejoso uma mensagem a Paolla, qual se declarou amorosamente e afirmou que ela “estava afetar deslealmente com ele e que ao Brasil para encontrá-la”. Mas a atriz alegou que apagou o texto.

Um artista revelou à polícia que nunca o fez e que três meses atrás o homem passou a persegui-la pela rede social. Ele invadiu o para pegar um celular dele que acompanha a ela. Na ocasião, Diogo encontrou com Piçarra, que, segundo o músico, teria começado a ofendê-lo.

No encontro com Diogo, o stalker teria gritado: “F… que está estragando a minha vida!” e “imbecil!”. O sambista reagiu e acabou desferindo um soco no homem, segundo contorno na delegacia.

Policiais militares foram chamados e todos acabaram na delegacia. Marcado novo depoimento, Piçarra não compareceu.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here