O apartamento de R$ 330 milhões localizado no prédio residencial mais alto do mundo

0
71

Ao redor do mundo existem apartamentos de tirar o fôlego. Para acompanhar o nível de negócios e tecnológico dos bens, o preço de cada um supera a marca dos milhões. Por esse motivo, alguns dos apartamentos e homens mais caras do mundo são restritos a uma seleta cartela de clientes, como jogadores de futebol e astros de Hollywood. Esse é o caso do apartamento de R$ 330 milhões, que está localizado no prédio residencial mais alto do mundo, em Nova York (Estados Unidos).

ArchDaily

Para se ter uma ideia do poder do prédio de apartamentos (chamado de Central Park Tower), ele está localizado na região da cidade estadunidense que ficou conhecida como “Corredor dos Bilionários”. Entre as opções de apartamentos do prédio está o Residence 123, que abrange todo o 123º andar e é o mais caro do prédio, com valor de US$ 65,75 milhões (cerca de R$ 331 milhões).

O apartamento

O imóvel de cinco quartos, cinco banheiros e um lavabo abrangem 650 metros quadrados e vistas de 360 ​​graus da cidade de Nova York Além disso, o apartamento tem elevadores privativos e até uma antessala que fica junto no quarto principal, já que o ambiente, tem elevadores com banheiro e armário, ocupa uma ala inteira da casa. No imóvel também há um grande salão, sala de estar, cozinha e biblioteca.

apartamento

Aproveitar

Janelas do teto envolvimento todo o apartamento chão ao chão uma vista incrível da cidade. O banheiro principal, feito em mármore preto, conta com uma banheira de desenho com vista para a cidade. Há também um piano na sala de estar e muito espaço nas paredes para que os colecionadores de arte coloquem as peças que possuem.

O designer Bryan Brown é pelos responsáveis ​​interiores repletos de detalhes do Residence 123. vistas do centro Parque e do horizonte de Manhattan”, disse Bryan Brown à Forbes.

apartamento

Forbes

“A maioria dos móveis nesta residência foi feita sob medida para se adequar à escala do espaço. Como é uma casa nas alturas cercada por vidro, adicionamos muitos materiais quentes e macios que são naturais para tornar-se confortável, habitável e convidativa”, completou o designer.

Torre do Central Park

Entre as comodidades dos moradores do prédio está o Central Park Club, um clube privado com mais de 4.600 metros quadrados com piscina privativa, restaurante, solário, academia e spa. Uma curiosidade sobre o prédio residencial é que as atrações de lazer do prédio estão espalhadas por três andares. No 100º andar, por exemplo, há um salão de festas, sala de jantar, bares, cozinha com serviço completo e salões de vinho e charutos.

Torre do Parque Central

O Central Park Tower também conta com renomados chefs de cozinha, que desenvolvem alimentos e bebidas exclusivas para os moradores do edifício. Além disso, a localização privilegiada também significa que ele está perto de lojas de grife, teatros, e algumas atrações mais emocionantes de Nova York.

Na base do Central Park Tower está localizada a primeira loja da Nordstrom com a linha completa. Com cerca de 28 mil metros quadrados e sete andares, essa é a maior loja da rede e o maior investimento da Nordstrom em um único em mais de 100 anos de história. A loja está em pleno funcionamento.

Vale que o projeto ea construção do prédio levou mais de uma projeto para serem finalizados, já que são muitas as especificações pensadas para oferecer o máximo de luxo e conforto aos moradores. A construção só foi iniciada de fato em 2015 e o prédio foi finalizado em 201.

No total, a construção do Central Park Tower custou três bilhões de dólares. Além de ser o prédio residencial mais alto do mundo, com 472 metros de altura, o edifício também é considerado o segundo edifício mais alto do Hemisfério Ocidental, sendo o 15º edifício mais alto do mundo.

Fonte: Forbes

Esse conteúdo O apartamento de R$ 330 milhões localizado no prédio residencial mais alto do mundo foi criado pelo site Fatos Desconhecidos.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here