será obrigatório para todos, mesmo?

0
50

Apelidado RG Digital, o novo documento nacional unificado terá o CPF como cadastro único e abrangerá vários documentos dos brasileiros em um único registro. Os documentos que serão incluídos, serão títulos de eleitor, carteira de trabalho, carteira de trabalho, NIS/PIS/Pasep, entre outros.

O lançamento do novo RG Digital possibilitará mudanças relevantes em relação à segurança e unificação de dados.

Implantação do novo RG digital

Os institutos de identificação do Brasil terão até 6 de março de 2023 para implantado o novo modelo do RG Digital.

O Decreto nº 10.977, que regulamenta a Lei nº 7.116, de 29 de agosto de 1983, publicado no Diário Oficial da União (DOU) no dia 23 de fevereiro, estabelece e cria o novo RG Digital unificado.

O novo documento unificado contará com um QR Code, que funcionará ainda que offline para realizar uma originalidade, além de contar com uma numeração.

Por possibilitar a validação eletrônica, o novo RG Digital é visto como mais seguro e reduzirá consideravelmente a falsificação de documentos por estelionatários e golpistas.

O procedimento de emissão do novo RG Digital gratuito e os demais documentos seguirão emitindo os documentos, mas devem ter o mesmo formato e padrão.

A emissão do novo RG digital será gratuita e os demais continuarão sendo veiculados pelos órgãos oficiais, mas também o mesmo formato e a emissão de documentos enviados.

Como solicitar o novo RG?

De acordo com o Governo Federal, a responsabilidade por emitir, de forma totalmente gratuita, o novo documento será das Secretarias de Segurança Pública dos Estados e do Distrito Federal.

Na prática, o interessado solicitará o novo aos órgãos apenas o registro civil documento, que poderá validar a identificação através da plataforma do governo federal, gov.br, onde também não obterá o documento digital.

A solicitação será feita pelo aplicativo Documento Nacional de Identidade (DNI), assim como o acesso ao RG no formato digital, contudo, o aplicativo ainda não está disponível para download.

A partir do momento em que estiver disponível e expedido, o novo documento terá validade de 10 anos, entretanto, os documentos atuais das pessoas com 60 anos de idade serão aceitos por até 10 anos, enquanto para os de 60 anos, o RG atual terá prazo de validade indefinido.

O RG digital contará com um código no padrão internacional, ou Machine Readable Zone (MRZ), que é utilizado em passaportes, portanto poderá ser utilizado em viagens.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Siga-nos no canal não YouTube e em nossas redes sociais, como o o Facebook, Twitter, Instagrame Contração muscular. Assim, você acompanhará tudo sobre Bancos digital, cartões de crédito, Financeiro, fintechs e relacionado ao mundo das finanças.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here