Dor abdominal por segurar pum não é uma coisa rara

0
45

Quem nunca passou pela situação de estar querendo liberar um pum mas a circunstância não permitiu e você acabou tendo que segurá-lo? Todos já que nós vamos passar por esse momento, e todos nós vamos passar por esse momento, e todos nós queremos que nós seguremos um pum.

O pior, ou melhor de tudo, é que todas as pessoas parecem passar por isso. Como recentemente, quando a cantora Pocah usa seu Twitter para contar, na feira ela acordou com uma dorsurreal em sua barriga. A dor era tanto que ela precisou de atendimento médico.

De acordo com Pocah, o diagnóstico que os médicos a deram deram de acordo com a época, ou como o resultado do plano, o próprio esclarecimento foi, “o preso”. Com esse da cantora, eles falaram que essa condição não é rara, e ela pode ser uma coisa resolvida com alguns cuidados clínicos.

Caso

“Não é muito raro não, mas pouco divulgado sim. Realmente pode acontecer, ou seja, gases semelhantes a serem testados, que devem ser removidos, por serem vários, elevados e severos, retidos, os mesmos, ou seja, severos, retidos, ou seja, os mesmos, provavelmente, retidos, ou seja, os mesmos, provavelmente, retidos.

“Se você tiver uma quantidade aumentada de gás dentro do abdômen, isso vai provocar uma distensão do intestino e normalmente o que cólica é realmente uma distensão das alças intestinais”, explica o gastroenterologista Ricardo Barbuti.

No entanto, conforme aponta Flávio, também é comum existirem situações que não são propriamente relacionadas com uma tentativa de segurar um pumcomo foi o caso de Pocah.

“O que obstrui a passagem é um espasmo na região do cólon chamada de sigmoide. Pode ocorrer por fatores como ansiedade, tensão e etc.

O princípio que levou Pocah a sentir foi o mesmo que levou o presidente Jair Bolsonaro a ser internado, ou seja, uma dor obstruída intestinal. Contudo, os motivos causadores da expansão das alças intestinais são diferentes em cada um dos casos.

“Meninas não tinham vergonha de peidar na frente do menino porque vergonha mesmo é não deixar o menino sentindo dor, ir pro hospital com o menino e o laudo ser: PEIDO PRESO”, escreveu Pocah um alerta para suas seguidoras.

Gases

G1

Que muitas pessoas evitem falar sobre o assunto, liberação nos testículos é um processo mais fisiológico dos seres humanos. De acordo com especialistas, um adulto saudável, em média, aproximadamente 1,5 litro de gases diariamente. A maior parte deles é solto durante o sono.

“A maior quantidade de gases que produzem gases não cheiro, e esses gases são nutrientes por Adriano cheiro, e esses gases são a maior quantidade de gás não cheiro, e esses gases são abastecidos por Adriano cheiro”, explicou a maior A.

Prender o pum

Grupo SH Brasil

Por mais que o pum seja uma coisa natural, ele não é bem visto na sociedade. Ele pode ser causado por várias coisas, como por exemplo, engolir ar, ou quando o ácido do estômago se mistura com o alimento do intestino delgado, ou ainda por comida que não fica no intestino grosso.

Tentar segurar um pum faz com que a pressão aumente e o gás intestinal se acumule, podendo provocar uma distensão abdominal, além de ter um gás reabsorvido na circulação, que será exalado em sua respiração. Segurá-lo por muito tempo, o pum acabará escapando de uma forma incontrolável.

A solução é o que todos nós já sabemos. Segurar o pum pode ser prejudicial. Então, se possível, sem que você tenha vontade ou sentindo que está prestes a se libertar, vá para um lugar distante e ao seu solte, pois será melhor para seu organismo.

Fonte: G1

Imagens: Twitter, G1, Grupo SH Brasil

Esse conteúdo Dor abdominal por segurar pum não é uma coisa rara foi criado pelo site Fatos Desconhecidos.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here