Departamento de carros clássicos da Ferrari abre as portas (pela primeira vez) para celebrar 75 anos

0
51

Em 2022, a Ferrari completa 75 anos da construção do seu primeiro carro, a 125 S. A fabricante de Maranello começou como uma subsidiária esportiva da Alfa Romeo e, após a 2ª Guerra Mundial, o Mundial embarcou no voo solo que se tornou a equipe de automobilismo mais popular do mundo, além de um ícone de velocidade e luxo na indústria automotiva. Para comemorar isso, a Ferrari vai abrir pela primeira vez seu departamento de carros clássicos em Maranello para o público.

Intitulada ‘Ferrari Forever’, a vitrine terá uma exposição de modelos clássicos da marca que mantém manutenção pelas mãos da Ferrari Classic, um serviço de restauração e antes exclusivos para proprietários. Na oficina de Maranello, é possível encontrar todo tipo de ferramentas e técnicos que mantêm a história da marca viva.

publicidade

De acordo com a montadora italiana, será dada uma atenção especial ao arquivo histórico, que abrigará uma coleção de fichas de montagem preservada para cada Ferrari já feita desde o início da companhia. Isso é crucial para as restaurações, uma vez que garante que tudo está em conformidade com os projetos originais. Ao todo, serão 15 modelos clássicos da Ferrari na exposição.

Exposição de carros clássicos Ferrari Forever
Exposição de carros clássicos da Ferrari vai até fevereiro do ano que vem (Ferrari/Divulgação)

Clássicos como Ferrari 500 Mondial e 250 GT na vitrine

O destaque da exposição será a 500 Mondial, um dos primeiros experimentos do projetista Aurelio Lampredi com motores de 4 cilindros. Campeão do Mundial de Endurance em 1954, o modelo levou o artesanato italiano a níveis na primeiraceria, com as folhas de metal carro moldadas à mão. Tecnicamente, o carro trazia ainda um motor de 2 litros avançado para a época com 170 cv de potência.

Ferrari 500 Mondial
Ferrari 500 Mondial (Chris Hunkeler/Wikimedia/CC)

Também estará na exposição lendas como a 250 GT Competizione Tour de France 1956, que, segundo a marca, possui um dos mais extensos armários italianos de história do automóvel, ea 250 GT Cabriolet, que teve apenas 240 exemplares pela Pininfarina entre 1957 e 1962.

De 1947 para cá, a Ferrari produziu pouco mais de 150 modelos. No automobilismo, além de ter vencido 16 vezes o Mundial de Fórmula 1 (recorde histórico), a marca obteve nove vitórias nas 24 Horas de Le Mans. A exposição em Maranello estará aberta ao público até o dia 17 de fevereiro de 2023.

Crédito da imagem principal: Ferrari/Divulgação

Leia mais:

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? inscreva-se no nosso canal!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here