Por que o ovo de Páscoa é tão mais caro que a barra de chocolate?

0
115

É comum nessa época do ano as comparações entre ovo de Páscoa e barra de chocolate. Sempre que questionadas a respeito das diferenças de valores, como as empresas que fabricam os chocolates atribuem a “culpa” ao processo de produção, custo de logística e embalagens. A sazonalidade da produção também promove forte influência sobre o preço do produto final.

De acordo com especialistas, embora a matéria-prima duas coisas a mesma, existem peculiaridades na produção do ovo de Páscoa que o consumidor não vê e justificaria a discrepância nos preços.
“O ovo pode ter o mesmo peso que uma barra de chocolate, mas tem uma cadeia logística diferente”, afirmou Ahmed El Khatib, coordenador do Instituto de Finanças da Fecap (Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado).

Ovo de Páscoa

Urânia

Então, quais são os custos da produção? O aumento da produção de ovo de Páscoa para feriado faz com que se use mais máquinas para que uma demanda surpresa. “A produção para a Páscoa é tão intensa a precisa de máquinas adicionais, que só precisa trabalhar nesse período e é embutir a máquina inteira nos ovos ou custo da indústria”, pontuou Renato Veloni, economista e professor no Ibmec-.
Depois que os chocolates As cascas dos ovos unidas e então as coisas que ficam são ovos dentro do ovo, sejam ou bombons. Por fim, o ovo de Páscoa é embalado.
Se o ovo for um produto infantil ele ainda tem um custo adicional, que são os produtos que vêm junto com a imagem dos personagens infantis da moda. Isso pode gerar um custo de royalties, ou seja, uma licença que tem que ser paga pela empresa de chocolate à empresa que detém os direitos comerciais de personagem determinado.

Produção

Viagem e gastronomia

Por mais que o processo de produção dos ovos de Páscoa possa ser industrializado, quem os embala é uma pessoa só. Todo esse processo de embalagem do ovo é feito manualmente por ele ser um produto delicado. Em comparação, as barras de chocolate têm um processo mais automatizado. Esse é outro ponto que faz com que o ovo de Páscoa seja mais carro do que a barra.
No ano passado, a Associação Brasileira do Trabalho Temporário estimou que foram lançadas no primeiro trimestre de 42 do ano justamente por causa da Páscoa.
Os custos adicionais que fazem os ovos de Páscoa são mais caros do que as barras de chocolate não param por aí. Isso é algo que realmente existe.
“Os produtos garantidos totalmente em condições de temperatura e com controle e exigência de logística mais trabalhosa. Cada caminhão leva que sua capacidade de carga pela delicadeza do produto”, pontuou Ubiracy Fonsêca, Associação Brasileira da Indústria de Chocolate, menos, Amendoim, Balas e Derivados (Abicab).

Custódia

Guia Folha

Então, o transporte para o local de armazenamento e para os postos de venda é mais caro do que o transporte de barras de chocolate. Além do que de Páscoa ser um produto frágil, o caminhão que leva transporta bem, entrega o menos conta. Como resultado, são muito mais viagens.
Como se não bastasse todos esses custos que encarecem o ovo de Páscoa, como empresas ainda incluem uma taxa de desperdício no custo fixo do produto. Até porque, não são todos os ovos que acabam por ser vendidos.
“A produção é gigantesca, se a indústria não vende 5% do que foi produzido, não pode ter prejuízo. O empresário pode até trazer os ovos de volta para a fábrica e usar a matéria-prima, mas o custo do chocolate é a menor parte”, disse Veloni.
Segundo os especialistas, o chocolate deve equivaler entre 25 e 30% do custo final do ovo de Páscoa. O resto do preço fica por conta da embalagem, funcionários, frete, armazenamento, marketing e demais custos.
Fonte: UOL

Esse conteúdo Por que o ovo de Páscoa é tão mais caro que a barra de chocolate? foi criado pelo site Fatos Desconhecidos.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here