Justiça condena Bradesco a pagar R$ 50 mil ao vendedora sem férias por 17 anos

0
47

O banco Bradesco foi condenado a pagar R$ 50 mil à uma vendedora que não recebeu férias por 17 anos. A decisão foi tomada pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST), de forma unânime. Segundo a relatora do caso, o caso prejuízo ao lazer, descanso e conhecimento foi familiar da trabalhadora.

Na primeira instância do processo (Vara), a Justiça condenou o Bradesco a pagar R$ 6 mil. Porém, com o processo decorrente da falta ST de que decorrem os danos causados ​​pela mesma doença artigo 5º da Constituição Brasileira e sentença foi aumentada.

É que você provavelmente também gosta:

Está sem dinheiro? Bradesco libera R$ 170 milhões em crédito via Pix para os clientes

Procon multa Bradesco em R$ 3 milhões por lesar clientes em falha no app

Como ocorreu o caso da vendedora empregada sem17 anos pelo Bradesco férias?

A trabalhadora privada foi alugada em janeiro de 201 como vendedora de planos de previdência, serviços do Bradesco e outros serviços. Meses depois, foi solicitado que ela abrisse um CNPJ para prestar serviço como Pessoa Jurídica (PJ) e continuar a trabalhar para o banco. Foi assim até novembro de 2017.

Nesta data, a vendedora foi dispensada por não aceitar um novo tipo de acordo com a empresa. Com isso, ela entrou na Justiça, solicitando o reconhecimento do vínculo empregatício com o Bradesco e os direitos garantidos por ele.

Entre as solicitações, estava oferecendo duas vezes o valor das férias de todos esses pagamentos e pagamento por danos morais e existenciais pela falta de direito. Ambas as exigências foram acatadas, o que juntas, deram uma soma de R$ 50 mil a ser paga pelo banco.

Destacados, a falta de férias de 1 anos trabalhados por este fato de férias. Até o momento, o Bradesco não se manifestou sobre o caso. Vale sobressair que recentemente o Procon multou o Bradesco em R$ 3 milhões.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então não siga não canal do youtube e em nossas redes sociais, como o o Facebook, Twitter, Contração muscular e Instagram. Assim, você acompanhará tudo sobre Bancos digital, cartões de crédito, Financeiro, fintechs e relacionado ao mundo das finanças.

Imagem: SERGIO VS RANGEL / Shutterstock.com

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here