Petróleo cai abaixo de US$ 100 pela 1ª vez desde o início da guerra

0
54

um avanço nas costas de cessar-fogo entre Rússia e Ucrânia leva os preços do petróleo a mais baixos, como as bolsas asiáticas operam em queda com as questões frente ao avanço do coronavírus no continente.

Na manhã desta terçafeira (15/3), o petróleo do tipo Brent foi negociado a US$ 99,24 o barril, queda de 7,17%. O contrato do petróleo WTI, referência no mercado dos Estados Unidos, era cotado a US$ 95,08 o barril, uma baixa de 7,70%.

Na véspera, o Brent recuperou US$ 5,77, ou 5,1%, e fechou US$ 106,90 o barril, enquanto o petróleo dos EUA (WTI) caiu US$ 6,32, ou 5,8%, para fechar a US$ 103,01.

Os preços de fevereiro do petróleo são mais de 30% que a Rússia invadiu a Ucrânia, em 4 de 2 de Ucrânia, e os Estados Unidos e outros países im comparados ao governo russo. Naquele dia, o barril foi negociado acima dos US$ 10 pela primeira vez desde 2014.

Bolsas asiáticas

Sem surto de Covid desde 2020, um China 1.437 novos casos nesta segunda-feira (14/3) e elevou os temores de que haja uma desaceleração no ritmo de crescimento da segunda maior economia do mundo.

Com isso, as principais bolsas de valores da Ásia fecharam em forte baixa nesta terça-feira (15/3). A Bolsa de Hong Kong encerrou uma sessão em queda de 6,20%, enquanto a de Xangai registrou retrocesso de 4,95%. Já a Bolsa de Tóquio iniciou uma sessão em leve alta de 0,15%.

Em pior surto de Covid desde 2020, China isola 41 milhões

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here