Operação mira em quadrilha especializada no tráfico internacional de armas

0
38

Uma operação da Polícia Federal (PF) e do Ministério Público Federal (MPF), em parceria com a Agência de Investigações de Segurança Interna (HSI) da Embaixada dos Estados Unidos, visa cumprir sete mandados de prisão preventiva e cinco de e apreendido contra suspeitos busca de integrar uma organização criminosa que atua no tráfico internacional de armas. A ação da manhã desta terça-feira, 15, acontece simultaneamente no Rio, em Campo Grande (MS) e em Miami, nos Estados Unidos.

Segundo a PF, cerca de 50 agentes, além de membros do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco/MPF) e de agentes americanos participantes da ação. Os mandados foram expedidos pela 1ª Vara Criminal Federal do Rio de Janeiro e foram autorizados após dois anos de investigação. Elas apontam para a existência de um grupo responsável pela aquisição de armas de fogo, peças, acessórios e munições nos EUA, para posterior envio ao Brasil.

De acordo com a Polícia Federal, o tráfico de armas ocorria pelo mar, por meio de contêineres, e por via aérea, por encomenda postal. As armas comuns pelos Estados do Amazonas, São Paulo e Santa Catarina e tinham como destino final uma residência em Vila Isabel, na zona norte do Rio de Janeiro.

Segundo os pesquisadores, na maioria das vezes o material era escondido dentro de equipamentos como máquinas de soldas e impressoras, itens que eram enviados em meio a telefones, equipamentos eletrônicos, suplementos alimentares, roupas e calçados.

Montagem

A usina foi informada na residência usada pela Polícia Federal em Vila Isabel como peças retiradas e passagem pelo processo de armamento. Os suspeitos utilizam impressoras 3D. Depois de armas, como armas distribuídas para vendedores prontos, assassinos e assassinos de aluguel.

O dinheiro utilizado para a compra do armamento foi enviado através de doleiros. Um brasileiro, que é dono de churrascarias em Boston, recebeu parte do montante e repassou para os alvos residentes nos EUA.

PF, ainda de acordo com o dinheiro em imóveis residenciais, criptomoedas, ações, veículos e embarcações. Por isso, além dos mandados, a Justiça autorizou o sequestro de bens, avaliado em cerca de R$ 10 milhões.


Saiba mais

+ Ômicron: Sintoma inesperado da emergência em crianças preocupações médicas
+ Vendedores do Mercadão de SP ameaçam clientes com golpe da fruta
+ Vídeo: Mãe é atacada nas redes sociais ao usar roupa justa para levar filho à escola
+ Horóscopo: confira uma previsão de hoje para seu signo
+ O que se sabe sobre a flurona?
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ ‘Ictiossauro-monstro’ é descoberto na Colômbia
+ Um gêmeo se tornou vegano, o outro comeu carne. Verificar o resultado
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identificação lula gigante responsável por naufrágio de navio 2011
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua


LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here