Alta dos preços dos compostos químicos: é o fim da Uber?

0
52

Com o início da Guerra na Ucrânia e como comparação contra a Rússia, a oferta de negociação. Logo, a Petrobras anunciou o reajuste de 18,8% nos preços dos combustíveis. E assim, o preço dos alimentos aumentou para R$ 7,48 na mídia nacional, enquanto o diesel passou para a questão que fica é: é o fim da mídia de R$ 7. Descubra a seguir.

É que você provavelmente também gosta:

Uber vai ajudar motoristas em R$ 100 milhões para custo de combustível

Alta da gasolina: confira 5 dicas para economizar combustível

Aumento no preço dos motivadores revoltados em SP

Alta dos preços dos compostos químicos: é o fim da Uber?

De acordo com o presidente da Associação dos Motoristas por Aplicativos de São Paulo (AMASP), Eduardo Lima, a situação dos motoristas não é mais sustentável. Em suma, ele disse que, assim, se torna inviável seguir na profissão.

Lima explica que “Não tem mais onde espremer para continuar. A nossa luta desde 2016 é para que as empresas reajustem as tarifas acompanhando a inflação, e isso não aconteceu”. E assim, as empresas a Uber e as 99 campanhas de incentivo ao motorista durante a pandemia. Tais como revisão de taxas, eo oferecimento de pagamentos extras com o pagamento de metas.

Porém, o aumento dos preços generalizados fez com que os custos dos trabalhadores da Uber com seus carros se tornassem cada vez maiores. E assim, muitas vezes isso zero os ganhos da profissão. De acordo com os dados recentes do IBGE, a inflação mais acumulada nos últimos 12 meses para os combustíveis no Brasil, é em torno de 44%. Já o preço dos pneus foi de 27%, e o de óleo e a gasolina foi de 19%.

Como uma tentativa de manutenção de uma profissão rentável, várias tentativas de contratação e escolha como operações. E isso, gerou punições por parte dos aplicativos. No mês de setembro, a Uber excluiu seu sistema, pelo que foi de setembro de viagens pela empresa como o ‘cancelamento limitado de’. Além disso, vários funcionários trabalharam em jornadas mais longas, de mais de 12 horas por dia.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então não siga não canal do youtube e em nossas redes sociais, como o o Facebook, Twitter, Contração muscular e Instagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre Bancos digital, cartões de crédito, Financeiro, fintechs e relacionado ao mundo das finanças.

Imagem: Sundry Photography / Shutterstock.com

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here