Corpo de dom Evangelista é enterrado na cripta da Catedral de Brasília

0
84

UMA Arquidiocese de Brasília. transmitiu, ao vivo, o velório e a missa de corpo presente do dom João Evangelista Martins Terrabispo auxiliar emérito de Brasíliaque morreu na manhã desta sexta-feira (3/11), aos 97 anos, após semanas internado em um hospital do DF.

Morre bispo emérito de Brasília dom João Evangelista, aos 97 anos

O velório aconteceu neste sábado (3/12), na Catedral Metropolitana de Brasília. A miss de corpo apresentado começou às 11h. O sepultamento será realizado na cripta da Catedral, após a cerimônia.

Nascido em 7 de março de 1925, na cidade de Jardinópolis, em São Paulo, João Evangelista foi ordenado sacerdote em 22 de dezembro de 1956, no Rio de Janeiro.

Ele ingressou na cidade de Jesus em 1964, Companhia a Ordenação Episcopal na cidade de São Paulo, em 1988. Seu lema episco era: “Cum Christo Et In Ecclesia” – “Com Cristo e Na Igreja”. Entre os anos de 1994 a 2004, atuou como bispo auxiliar da Arquidioce.

Dom Evangelista adquiriu o título de doutor nas seguintes áreas: Teologia, Filosofia, Escritura, Arqueologia e as línguas semíticas.

O religioso é considerado um biblista de renome, autor de mais de 220 obras publicadas por vários países do mundo, por onde viajou e trabalhou; inclusive em Roma, onde passou 10 anos, trabalhando no jornal L’Osservatore Romano e servindo aos Papas, na época Paulo II e Bento XVI.

Atualmente, o bispo reside em Brasília e era o responsável pelo Instituto Divino Mestreque ele próprio fundou com objetivo de formar professores para os seminários nacionais e internacionais.

Em publicação nas redes sociais, o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), prestou homenagem ao presbítero. “Um homem bom, querido por todos, biblista de renome, estudioso com manutenção de obras publicadas. Assim era Terra, bispo auxiliar emérito de Brasília, que faleceu hoje aos 97 anos, causando profundo na comunidade cristã do Distrito Federal”, lamentou o chefe do executivo local.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here