empresas recrutam por até R$ 10 mil por dia

0
49

Pode parecer estranho, e realmente é. Uma empresa está em busca de ex-soldados multilíngues que estão disponíveis para entrar secretamente na Ucrânia. Com um salário de US$ 2 mil ou seja, cerca de R$ 10 mil diários por dia, mais, o ajuda-soldado precisa ajudar a ajudar as famílias da guerra na Ucrânia.

Este é o anúncio de emprego real, retirado do site Silent Professionals, que trabalha com o recrutamento de profissionais do setor militar e de segurança privada. Diante da Ucrânia, as empresas e prestadores de serviços privados dos Estados Unidos e da Europa estão cada vez mais em busca pessoal.

É que você provavelmente também gosta:

Como a Ucrânia afeta a economia e a guerra do Brasil?

Guerra com Ucrânia faz banqueiro russo perder mais de R$ 25 bilhões

Guerra na Ucrânia: recrutados por até R$ 10 mil por dia

Em suma, o dinheiro é movimentado pelos privados para serviços de segurança como o anunciado no Silent Professionals. A plataforma de recrutamento não aponta o nome da empresa contratante, mas os profissionais estão recrutados por valores entre US$ 30 mil e US$ 6 milhões para retirar pessoas do meio da guerra na Ucrânia.

O preço das evacuações, no entanto, depende do nível de dificuldade do trabalho, afirma Tony Schiena, CEO da Mosaic. A empresa trabalha com inteligência e segurança, com sede nos EUA e operação na Ucrânia. “Quando há uma quantidade maior de pessoas, o risco aumenta. As crianças e as famílias são mais difíceis. Tudo depende dos métodos”.

Além disso, as missões da Mosaic são, em sua maioria, guiadas pela inteligência, ao invés de confronto armado. Atualmente, uma empresa trabalha com clientes, e ajuda pessoas politicamente expostas a Ucrânia.

Inclusive, Schiena afirma que uma “agência de inteligência de um país muito grande” queria tirar os seus cidadãos estava entre seus clientes. Além disso, como as empresas militares e de segurança existem há muitos anos. Porém, acabaram se tornando um pouco mais conhecidos do público durante o Iraque e do Afeganistão, após os atentados de 11 de setembro.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então não siga não canal do youtube e em nossas redes sociais, como o o Facebook, Twitter, Contração muscular e Instagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre Bancos digital, cartões de crédito, Financeiro, fintechs e relacionado ao mundo das finanças.

Imagem: Chirag Nagpal / Shutterstock.com

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here