A Petrobras (PETR4) subiu o combustível, e agora? Companhia sai, mas brasileiro sente no bolso – Money Times

0
30

Petrolífera saíra inteligente, mas os brasileiros vão sentir a mobilizar no bolso, dizem eles: REUTERS/Paulo Whitaker

UMA Petrobrás (PETR3; PETR4) anunciou na quinta-feira (10) o reajuste do preço dos combustíveisem meio à disparada da cotação do petróleo nenhum mercado internacional.

Com a revisão, o diesel subirá R$ 0,90 na refinaria, alta de 24,9%, a gasolina R$ 0,60 centavos, ou 18,7%, eo BPL R$ 0,62, em 16%.

Diante do cenário, especialistas a gasolina sai mais inteligente ao mostrar independência e que não há sinais de interferência externa na companhia. Por outro lado, os brasileiros vão sentir as altas dos preços no bolso.

Brasileiros com alta no bolso

Segundo Étore Sanchez, economista-chefe da Ativa Investimentosem termos diretos, a relevância para o bolso do brasileiro é a gasolina.

Como no preço da bomba o combustível representa cerca de 33%, o economista diz que a gasolina na bomba terá alta de cerca de 6,2%, um impacto de cerca de 40 bps no título Faz IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo).

Além disso, o gás de botijão, que é composto por cerca de 50% de GLP, deve ter uma alta de 7,8% e impactar o IPCA em 11 bps.

A possibilidade do diesel também tem efeitos indiretos intensos, segundo Sanchez, e equivale a uma alta de cerca de 20bps distribuído ao longo do ano.

“Em suma, os reajustes da Petrobras, desconsiderando os efeitos sobre a paridade energética da gasolina e etanol, são de 71bps de IPCA”, afirma o economista-chefe da Ativa.

Petrobras sai comunicando

Para o UBS BB, ou reajuste acima do previsto e a política sólida da Petrobras governança de preços livres, “apesar de todo o barulho dos últimos anos”.

O banco de investimentos mantém uma visão positiva para as ações da companhia e ainda enxerga uma distribuição sólida de e valorização descontada. Os analistas reiteram a compra do papel, com preço-alvo de R$ 44.

Diante de um cenário em que o petróleo Brent vale US$ 110 e de novos preços dos combustíveis, o UBS espera que a Petrobras entregou umbitda de US$ 63,8 bilhões, com um rendimento do fluxo de caixa e anual de 36%, levando a um rendimento de dividendos de 22%.

“A Petrobras Indicações Estratégicas nas Frentes Operacionais e, com Foco em Obtenção Rio abaixo e principais ativos ultraprofundos e sólidos pré-sal, que apresentaram retornos”, afirma o UBS.

Por fim, o UBS estima que, com o reajuste e segundo recuo nas referências internacionais de preços, a paridade da Refinaria de Paulínia na gasolina passe 32% negativos para 12% negados para feira (14). Sem diesel, a paridade deve diminuir para -5%, de -33%.

“Esperamos que esse nível de paridade permita uma distribuição em algumas localidades e garanta o fornecimento de combustível ao Brasil. Este nível, em nossa opinião, pode ser favorável para grandes empresas de distribuição de alimentos”, afirma o banco.

Isenção de responsabilidade

O Money Times publica de cunho jornalístico, que visa a democratização da informação. Nossas publicações devem ser compreendidas como boins divulgadores e não como divulgadores de investimentos.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here