Múmia no Peru estava igual a 20 vítimas de sacrifício humano

0
50

A m m “Chabelo”, descoberta em 201 no Peru, estava próximo de restos humanos 20 outras pessoas – oito delas, crianças – que foram vítimas de ritual de sacrifício humano, de acordo com arqueólogos da Universidade Nacional Mayor de San Marcos, em Lima, capital do país.

Nós já falamos sobre “Chabelo” aqui não Olhar Digital1,2 mil anos atrás corresponde a um homem que, a um ano de idade, um período de 2 anos18 e 800 atrás relativamente longevo. Entretanto, o que aconteceu, o que aconteceu, o que aconteceu.

publicidade

Leia também

Uma das oito crianças pré-Incas: em um sítio arqueológico (Imagem de oito crianças apontadas para a realização de sacrifícios humanos)

Revisitando o sítio onde a múmia encontrada foi encontrada os pesquisadores da instituição encontrada restos, enrolados e amarrados. Alguns dos restos infantis tinham sinais de violência, e têm sido usados ​​de que um ritual de força foram tidos como fraturados, como os especialistas.

“Nós sabemos que como sociedades e tinham várias práticas funerárias, rituais; e do ponto de vista delas, elas enxergavam o mundo de forma completamente diferente da nossa”, disse Pieter Van Dalen Luna, professor de arqueologia da faculdade e líder do tempo que está escavando uma área. “A criação da morte era muito importante para eles; era quase que um mundo paralelo, a abóbada dos mortos”.

É bem provável que sejam descobertas: a região de Cajam, onde quatro outras arquitetas foram descobertas, há muitos anos, um sítio arqueológico que, há mil anos, há de mil anos. posições e trânsito de pessoas – o que faz arqueólogos suspeitarem que a região se conhece como um alto de pessoas Centro comercial bem movimentado.

Entretanto, apenas cerca de 1% do sítio foi escavado. E como não existem registros de escrita naquele período, os trabalhos de pesquisa dependentes quase que exclusivamente de percepção contextual vinda de objetos e corpos encontrados para entender como era a vida na época.

O tempo agora pretende analisar para determinar o DNA e o radiocarbono maiores informações sobre os corpos encontrados.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? inscreva-se no nosso canal!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here