Transferências podem ser feitas a partir desta segunda (7); veja o passo a passo – Money Times

0
50

Quem tem dinheiro algum a receber pode consultar o saldo e pedir o resgate na data do agendamento no SVR. (Imagem: Pixabay/joelfotos)

A partir desta segunda-feira (7) começam as transferências do Sistema de Valores a Receber (SVR) do Banco Central.

Como consultas ao “dinheiro esquecido” em instituições financeiras iniciadas no dia 14 de fevereiro, quando o local voltou ao ar.

Segundo o Banco Centralaté sexta-feira (25), antes do feriado de Carnaval, já havia sido realizado mais de 116 milhões de buscas – 114 milhões referem-se a pessoas físicas e 2 milhões a pessoas jurídicas.

O BC estima que R$ 8 bilhões estão aptos a ser recuperados. Cerca de R$ 3,9 bilhões, quase a metade, devem ser liberados a partir de segunda-feira para mais de 28 milhões de cidadãos e empresas.

Quem tem dinheiro algum a receber pode consultar o saldo e pedir o resgate na data do agendamento no SVR. Para isso, basta acessar o local na data e período previamente informados.

As datas são agendadas de acordo com o ano de nascimento da pessoa ou da criação da empresa. Confira:

Data de nascimento (pessoa) ou de criação (empresa) Período de agendamento (consulta e resgate) Data de repescagem (para quem perder a data agendada)
Antes de 1968 7 a 11/3 3/12
Entre 1968 e 1983 14 a 18/3 19/3
Após 1983 21 a 25/3 26/3

Também será necessário verificar o horário no qual está feito o agendamento, que pode ser para o período de 4h até as 14h ou de 14h até meia-noite. Veja abaixo:

(SVR/Reprodução)

Quem perder a data agendada poderá consultar novamente no sábado indicado para a repescagem. E, se perder o resgate do dia da repescagem, o cidadão poderá realizar a solicitação do saldo do existente a partir de 28 de março.

Tipo de conta

Para acessar a plataforma, é necessário ter um cadastro na plataforma Gov.br do governo federal, com um nível de acesso “prata ou ouro”. É comum que as pessoas tenham uma conta do nível “bronze”.

No entanto, as modalidades prata e ouro pedem um maior de segurança, como reconhecimento facial e autorização via aplicativo do banco. Por isso, possibilitam o acesso a serviços mais atentos.

Formas de resgate

Após acessar a conta, o cidadão que tem valores e poderá solicitar o resgate. Na opção “Solicitar por aqui”, a instituição financeira vai oferecer a devolução do valor via Imagem em até 12 dias úteis. O solicitante deve informar alguma chave e seus dados pessoais para recebimento.

A segunda opção é “Solicitar via instituição”. Desta maneira, a pessoa deve entrar em contato ou pelo e-mail informado para combinar a forma de devolução do valor com a própria instituição.

É importante que tenha permitido que pessoas únicas tenham certeza de que elas possuem ou não esquecidos. Só será possível saber qual é o valor no momento do pedido de download.

Quem não tem qualquer tipo de valor ainda vai fazer uma nova consulta a partir de 2 de maio, início da segunda.

O Banco Central faz um alerta para os cidadãos: o único site para consulta e solicitação no sistema é o valoresareceber.bcb.gov.br. A instituição não envia links e não autoriza que ninguém entre em contato, seja em nome do Banco Central ou do Sistema de Valores a Receber.

*Com informações do Estadão Conteúdo

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here