Taxas de juros sobem com aversão global, mas alta é menor após mínimas do dólar

Os juros futuros começaram a semana em alta firme refletindo a versão a risco global e disparada do petróleo, que alimenta os temores com inflação. Um pouco antes da Rússia, um movimento que deve começar no final da Rússia, um movimento que deve começar no final da Rússia, um movimento que deve começar no final da Rússia e um movimento que deve começar no final da Rússia. , em meio à cautela com notícias de que o Congresso Americano discute possíveis embargos ao petróleo russo e com novos ataques da Rússia à Ucrânia.

Às 9h22, um taxa do contrato de depósito interfinanceiro (DI) para janeiro de 2027 subia para mínimos de 11,81%, de 11,71% sem ajuste anterior. O DI para janeiro de 2025 avançava para 12,13%, de 12,00%, eo para janeiro de 2024 subia a 12,73%, de 12,60% no ajuste anterior.

O DI para janeiro de 2023 ia para 13.070%, de 12.986%.

O dólar à vista caía 0,53%, a R$ 5,0515.


Saiba mais

+ Ômicron: Sintoma inesperado da emergência em crianças preocupações médicas
+ Vendedores do Mercadão de SP ameaçam clientes com golpe da fruta
+ Vídeo: Mãe é atacada nas redes sociais ao usar roupa justa para levar filho à escola
+ Horóscopo: confira uma previsão de hoje para seu signo
+ O que se sabe sobre a flurona?
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ ‘Ictiossauro-monstro’ é descoberto na Colômbia
+ Um gêmeo se tornou vegano, o outro comeu carne. Verificar o resultado
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identificação lula gigante responsável por naufrágio de navio 2011
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua



Publicado

em

por

Tags:

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *