Quem é Rodolfo Landim, nomeado à presidência do conselho da Petrobras (PETR4), e por que seu nome é visto como polêmico

0
82

No último fim de semana, o Governoro indicou o nome de Luís Rudolph Landim Machado, mais conhecido como Rodolfo Landim, para o presidente do Conselho da Petrobras (PETR3;PETR4em uma decisão que foi vista como polêmica por certa parte dos analistas de mercado.

Eles destacaram considera a Landim experiente para carga. Contudo, por conta de sua proximidade com o presidente Jair Bolsonaro, a indicação tem sido vista com ressalvas.

A Levante Ideias de Investimentos (que destacou Landim funcionário da Petrobras por 26 anos e chegou a ser Presidente da antiga BR Distribuidora, hoje VibraVBBR3), mas a indicação pode ser vista como um meio de aumento a influência do Governo sobre a estatal, visto a proximidade do executivo com o Presidente Bolsonaro.

A Assembleia Geral Ordinária está a definir os novos nomes do conselho agenda para o dia 13 de abril e três conselheiros terminam os seus mandatos, incluindo o do atual Presidente, Almirante Eduardo Bacellar.

O Bradesco BBI não acredita que a saída do almirante tenha algo a ver com a questão sobre o reajuste de preços da Petrobras neste momento. Para o banco, “embora parte do mercado tenha algum ceticismo” em relação ao nome de Landim, seu nome, segundo a instituição, é bastante técnico.

Já o Morgan Stanley que a indicação pelo Governo de Rodolfo Landim, em um momento em que a Petrobras considera importantes decisões de negócios, incluindo preços de Combustíveis a situação de guerra na Ucrânia, “pode gerar ansiedade entre os investidores”.

A instituição, porém, informou que a política de preços não é uma prerrogativa do Conselho de Administração da Petrobras: Federation) pode exercitar seu controle.

XP também se destaca que, pela proximidade com o presidente Bolsonaro, “isso levanta a bandeira de como ele pode interferir na política de preços da Petrobras”.

Já o Itaú BBA destacou que “embora pensemos em sua experiência no setor positivo e gás, esperamos uma reação neutra do mercado, pois a mudança que este anúncio não implica em nenhum óleo na estratégia real da Petrobras”. O mercado intermediário tem desempenho superior (desem acima da média do mercado PETR4, com preço-alvo de R$38,00).

XP e BBI possuem alternativas de mercado equivalente à compra os ativos da estatal, enquanto a alternativa do Morgan é equalweight em linha com a média.

Entre carreira sólida e suspeita

Rodolpho Landim, engenheiro Civil, tem pós-graduação em Administração na Universidade de Harvard e curso de especialização em Engenharia de Petróleo na Universidade de Alberta, no Canadá.

Na Petrobras, onde passou 26 anos, foi diretor-gerente da Gás Natural, além da Presidente das subsidiárias Gaspetro e da Distribuidora.

Depois de deixar a Petrobras, Landim presidiu a OGX Petroleo e Gás e a OSX Brasil. É cofundador e acionista controlador da Ouro Preto Óleo e Gás e sócio-diretor da Mare Investimentos. Anfitrião do Clube de Regatas do Flamengo desde 2019.

No ano passado, Landim foi anunciado pelo Ministério Público Federal por gestão fraudulenta em um fundo de private equity entre 2011 e 2016. Em paralelo, conta no Credit Suisse de Landim, autoridades suíças encontraram suspeitas de movimentações financeiras.

Mais nomes indicados para os conselhos

A Administração1 também não foi designada para os nomes dos conselhos de companhia.

A lista de candidatos para o Conselho de Administração inclui Rodolfo Landim, indicado para a, além do atual Presidente da Petroleumeira, Joaquim Silva e Luna, Carlos Eduardo Lessa Brandão, Luiz Henrique Caroli, Márcio Andrade Weber, Murilo Marroquim de Souza, Ruy Flaks Schneider e Sônia Julia Sulzbeck Villalobos.

Para o conselho Finance, os indicados do Ministério de Minas e Energia são Agnes Maria de Aragão da Costa como Nominally, tendo Marisete Fátima Dadald Pereira como suplente, e Sérgio Henrique Lopes de Sousa para titular, tendo Alan Sampaio Santos como suplente. Os significa Tesouro Nacional são Janete Duarte Mol para titular e Otavio Ladeira de Medeiros como suplente.

A mudança no da Petrobras acontece num momento de muita pressão sobre o presidente da companhia, Joaquim Silva e Luna, por conta dos preços dos conselhos, que, apesar de informados, não estão acompanhando as oscilações do petrólena Ucrânia, por causa da guerra.

Segundo a Levante, na Assembleia Geral Ordinária, que definirá o Conselho, espera-se grande escrutínio na candidatura de Landim.

Segundo a política de Preço de Paridade de Importação. (PPI), a Petrobras deve repassar esse aumento na cadia, para que os importadores não sejam prejudicados por uma concorrência desleal, visto que eles compram os produtos do preço do mercado internacional. dos produtos no mercado interno ou a estatal ‘banca’ essa
Diferença com seu próprio balanço, como aconteceu em anos anteriores com a empresa quase quebrando. Já com os repasses, se eleva a pressão política e a sociedade, por conta dos maiores preços dos consumidores aos consumidores”, destacou a casa de pesquisa.

(com Estadão Conteúdo)

Oportunidade competitiva? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje. ajudante de marinheiro.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here