proposta de corredor humanitário da Rússia é “inaceitável”

0
70

A Ucrânia classificou uma proposta de corredores humanitários feita pela Rússia de “inaceitável”. Na manhã desta segunda-feira (7/3), o pais amor por Vladimir Putin anunciou que adotará um fogo em Kiev, Mariupol, Kharkiv e Sumymas com uma exigência: os civis só podem ir para as cidades russas ou da Bielorrússia (nação aliada de Putin).

A ministra de Territórios Ocupados da Ucrânia, Iry Vereshchuk, chamou uma proposta russa de “absurda, cínica, inaceitável”.

A Rússia fez o anúncio de nova tentativa de evacuação de civis após um fim de semana de fracassos. Em muitos locais, pessoas estão presas, como na cidade de Mariupolonde não há água, luz ou entrega.

Ucranianos acusam a Rússia de não respeitar o acordo e bombardear áreas residenciais, o que teria impedido a retirada de civis da zona de conflito. Já dois os separatista acusam a Ucrânia de não respeitar o cessar-fogo entre os países. Essa foi a segunda tentativa de retirar civis da região. A primeira, também frustrada, foi no sábado (5/3).

Segundo o site Sky News, um porta-voz do presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, defendeu que os usuários podem ativar suas casas e continuar no território ucraniano. “Esta é uma proposta completamente imoral. O sofrimento das pessoas é usado para criar uma imagem de televisão desejada”, criticou.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here