Paulinha podem ter 17 substâncias que podem ter 1 fertilizantes

0
72

No último domingo (6/3), o Domingo Espetacular exibe uma reportagem que apresentou um laudo do híspede de Paulinha Abelha, que pode ajudar a identificar a causa da morte do artista. Além da certidão de ocorrência – que também apontava para problemas de incidência – e de outros documentos, uma emissora exibida que a cantora tomava cerca de 7 substâncias que podem ter impactado na falência do.

Segundo a reportagem, como substâncias que a voz do Calcinha Preta tomava foram pré-scritas por sua nutricionista, e tinham uma finalidade diferente: antidepressivos, cápsulas para memória, redutores de calmantes naturais, uma fórmula para minimizar medidas e mais. Essa fórmula, inclusive, tinha em seus componentes uma erva asiática que pode inibir o funcionamento do aparelho, o que poderia prejudicar o cantor.

0

Com todas essas substâncias, o tecido de Paulinha estava extremamente substancial. Além disso, um teste tóxico além de duas substâncias que atendem ao painel, fazem parte de uma das17 substâncias prescritas, e barbitúricos, que costumam ser utilizados em pacientes sedar pacientes.

Ainda não se sabe, porém, se um dos dois hospitais onde Abelha esteve internada, utilizou dos barbitúricos na vocalista. A certidão de óbito da cantora apontava quatro causas da morte: meningoencefalite, hipertensão craniana, insuficiência renal e hepatite. No entanto, é possível saber o que começou primeiro, os problemas não foram lavados e nós não tivemos problemas. É isso que a família segue e os amigos da cantora tentando descobrir.

Fique por dentro!

Para ficar por dentro de tudo sobre o universo dos famosos e do entretenimento siga @leodias sem Instagram.

Agora também estamos no Telegram! Clique aqui e receba todas as notícias e conteúdos exclusivos em primeira mão.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here