Novo RG 2022: veja as novas mudanças que já estão valendo

0
172

Atenção, brasileiros! O novo RG 2022 já está em vigor no Brasil e agora conta com uma numeração única. Isso mesmo. Agora, a nova carteira de identidade será unificada com diversos documentos, como, por exemplo, o RG, CPF, PIS/Pasep, Carteira de Motorista.

Dessa forma, o novo RG 2022, além de simplificar a vida do cidadão, também prevenirá possíveis tentativas de fraude. A emissão do documento será gratuita.

Os institutos até se adequarem as novas mudanças 6 de março de 2023.

O que mudará com a nova Carteira de Identidade: Novo RG 2022

O documento terá parâmetros para novos visuais, de emissão e validade de identidade. O modelo dela será diferente, tornando-se único para todo o país.

Até um novo Decreto, quem já mudou de estado e precisou tirar uma nova carteira de identidade, teve se número do RG alterado. Como os bancos de dados estaduais não estão em rede, ou o cidadão não consegue manter o seu número de identidade original no documento novo.

A partir de agora, caso o cidadão faça emissão de Carteira de Identidade em UF diferente de agora, esta já passou a ser considerada 2ª via.

As pessoas não precisarão mais memorizar o número de RG e também o número do CPF, pois o do CPF passa a ser o número único.

E também, a nova Carteira de Identidade passará a ser documento de viagem, devido à inclusão de código no padrão internacional que pode ser lido por equipamento (código MRZ – o mesmo do passaporte).

Caso a pessoa que solicite a Carteira de Identidade ainda tenha o CPF, o documento de identificação local já realiza de imediato a inscrição do cidadão no CPF.

O novo documento também é considerado eletrônico mais devido à possibilidade de validação de seu seguro por QR Code, inclusive off-line.

Um avanço que combate fraudes e criminalidade: Novo RG 2022

Além de simplificar a vida do cidadão, o RG com número único no país visa coibir fraudes.

O professor da Fundação Getúlio Vargas Rafael Alcadipani diz que a carteira de identidade nacional é um avanço, tanto para reduzir a burocracia no dia a dia das pessoas, como no combate à criminalidade. Ele falou ao Jornal Nacional, da emissora Globo:

“Hoje, a polícia pena muito, porque o sujeito pode estar sendo procurado em São Paulo, e ele vai para a Bahia, tem o RG da Bahia e não aparece mais como procurador. Isso é um problema muito sério. E você começa a ter uma questão que é muito difícil de identificar uma pessoa. Você não tem uma base digital no Brasil único, e com essa iniciativa você passará a ter uma base digital única”, afirma.

Já o Ministro da Justiça e Segurança Pública, Anderson Gustavo Torres, falou da importância do documento para a segurança pública nacional:

“A nova Carteira de Identidade é um documento moderno, seguro, com os mais avançados elementos de segurança e formas de validação, dificultando as fraudes e dando segurança à sociedade brasileira de que o portador do documento é realmente quem se apresenta. A unificação do ministério e atualização desse documento é mais dado passo de cada brasileiro, um conhecimento de suas características e registros pelo meio da unificação do governo federal”, disse o site do ministério da economia.

O Ministério da Economia, Guedes, que o avanço é mais um dos avanços do Ministério da Economia para a população diversos.

O que fazer com a Carteira de Identidade antiga? Novo RG 2022

Ela continua sendo aceita por até 10 anos para a população até 60 anos de idade.

Para quem tem acima de 60 anos, será aceita por prazo indeterminado.

Passo a passo para a emissão da nova Carteira de Identidade Digital: Novo RG 2022

  • O cidadão vai ao órgão do seu estado;
  • Apresenta sua certidão de Casamento ou Nascimento;
  • A identificação do cidadão é conferida pelo Gov.br (isso garante que o documento seja único);
  • O órgão emissor informa o prazo para a retirada do documento em papel;
  • Assim que receber o documento, o cidadão poderá acessar digitalmente pelo aplicativo Gov.br.

O que vai constar na nova identidade?

  • Identificação da UF que foi encontrada;
  • Identificação do órgão expedidor
  • Número do Registro Geral;
  • Nome, filiação, sexo, nacionalidade, local e dados de nascimento;
  • Número da matrícula de nascimento ou comarca, cartório, livro, folha e número de registro de nascimento ou casamento;
  • Foto 3×4, assinatura e impressão digital;
  • Data de validade, local e data de expedição do documento;
  • Elementos novos para verificação de autenticidade (QR Code e MRZ).

Dados de saúde que podem ser incluídos:

  • Grupo sanguíneo e fator RH;
  • Disposição em órgãos em caso de morte;
  • Informações sobre condições particulares de saúde (caso contribuam para salvar a vida ou preservar a saúde do cidadão).

Para garantir a inclusão destes dados, a pessoa deve informar isso no momento da emissão do documento.

Novos prazos de validade:

  • Entre zero e 12 anos: validade de cinco anos;
  • Entre 13 e 60 anos: validade de 10 anos;
  • Acima de 60 anos: validade indeterminada.

Veja o que é sucesso na Internet:

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here